Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Cahulla diz que 2°turno é nova eleição



“Quero agradecer aos 246.350 eleitores rondonienses que votaram no nosso projeto de Governo e quero dizer que foi transposta uma etapa, mas temos um desafio ainda maior e estamos confiantes de que, com o apoio da população, vamos vencer as eleições e assegurar a continuidade de uma administração equilibrada e responsável, para Rondônia avançar ainda mais”, assim o candidato a governador Cahulla abriu a coletiva com a imprensa na tarde desta segunda-feira (04), no Rondon Palace Hotel, em Porto Velho.

Cahulla estava acompanhado do seu candidato a vice-governador, Tiziu Jidalias, do senador eleito, Ivo Cassol, e do deputado estadual mais votado nessas eleições: Valter Araújo, que obteve mais de 22 mil votos. “Quero aqui também agradecer ao apoio dos candidatos da nossa coligação e dizer que estamos abrindo diálogo com outros parlamentares eleitos ou não, de outras coligações”, anunciou.

O candidato disse que no segundo turno, será uma nova eleição e que a população vai poder comparar as propostas e o grupo político de cada candidato. “É uma nova eleição e agora os tempos de TV e rádio são iguais aos dois candidatos e vamos expor as nossas propostas e compromissos para a população rondoniense avaliar entre quem fez e quem promete e está sendo apoiado por pessoas que já causaram graves prejuízos ao Estado, como a quebra do Beron, a venda da Ceron, o atraso de salários, a demissão de servidores”, disse ele, acrescentando que “tem outro ponto que quero destacar: todos sabem quem integra a nossa equipe de trabalho, do outro lado, quem está como apoiador da candidatura são pessoas que promoveram demissões, atrasaram os salários e causaram outras tantas mazelas. O povo precisa avaliar o grupo e se as propostas apresentadas são viáveis”.

Para Cahulla, o grande número de abstenções, especialmente no interior e nas regiões mais distantes, interferiu no seu desempenho nas urnas. “Muitos dos nossos eleitores não conseguiram chegar às urnas, devido às fortes chuvas que caíram no interior. Contamos com esses votos no segundo turno e com uma baixa abstenção, para que possamos vencer e manter Rondônia nos trilhos do crescimento”.

Cahulla falou também que está aberto para negociações com os demais postulantes ao Governo que ficaram de fora do segundo turno. “Não vejo problema nenhum em abrir diálogo com o Expedito Júnior, o Sussuarana e o Valverde. Claro que isso tudo dentro de um processo ético e discutido abertamente, pois eleição não se ganha sozinho”, completou.

João Cahulla conclamou aos seus apoiadores, militantes e simpatizantes de sua candidatura a arregaçar as mangas e ir às ruas, levando as suas propostas. “Vamos retomar a campanha ainda com mais vigor e entusiasmo, pois no começo poucos acreditaram que poderíamos chegar no segundo turno e hoje estamos disputando de igual para igual, com todas as chances de vencer as eleições”, finalizou.


Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes (PSDB), visitou na manhã desta sexta-feira as instalações do frigorífico Rio Beef e an

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Desde o início do seu mandato, a vereadora Cristiane Lopes (PP) tem cobrado uma solução definitiva para os problemas do Transporte Coletivo da Cap

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) e o governador Marcos Rocha (PSL) visitaram nesta quarta-feira (18) o canteiro de obras

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

“A Energisa submeteu os rondonienses a uma crise energética sem precedentes. Os prejuízos estão sendo contabilizados em todos os segmentos da econom