Porto Velho (RO) domingo, 22 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Política

Caerd faz rigoroso controle de qualidade


Laboratório Central da Empresa  realiza mensalmente em torno de 500 análises bacteriológicas

 

A qualidade da água é um requisito exigido pelos órgãos de saúde através da Portaria N° 518/04 do Ministério da Saúde. Esses padrões são estabelecidos para a qualidade da água produzida e distribuída. Além do Laboratório Central, para onde convergem todas as amostras enviadas pelos Sistemas de Abastecimento de Água da Caerd, em nível de Estado, cada Estação de Tratamento de Água (ETA) realiza seu controle de qualidade durante o processo de produção.

De acordo com informações dos Químicos que acompanham as atividades da ETA, a água distribuída pela Caerd passa por um rigoroso tratamento, até ser distribuída à população, através de sue controle de qualidade.

O Laboratório Central da Gerência de Controle da Produção e Qualidade da Empresa realiza mensalmente, em torno de 500 análises bacteriológicas e 400 análises físico-químicas, a fim de avaliar se o produto atende aos padrões estabelecidos e garantir que chegue na casa do usuário dentro desses padrões.

Segundo explicam, todo esse controle parte do seguinte princípio: a água que bebemos deve ser de boa qualidade. Às vezes, a água aparentemente limpa não está em condições de ser consumida e é preciso que ela seja tratada. A qualidade depende das características físicas, químicas e bacteriológicas, sendo que algumas delas podem ser controladas pelo consumidor (aspecto, cor, odor e cheiro) e outras dependem de análise de laboratório (presença de bactérias patogênicas ou substâncias químicas) para identificar o grau de contaminação e/ou poluição presente na água.

Água contaminada ou poluída pode ocasionar as doenças de transmissão e veiculação hídrica. "Água pura, do ponto de vista químico, não existe, devido ser a água solvente universal, ela solubiliza as substâncias e as coloca em solução. Todo tipo de água é passível de contaminação, seja água de fonte, poço, ou da rede de distribuição, portanto, deve ser filtrada, clorada ou fervida para ser considerada potável.", diz a química Maria Bahia, Gerente de Controle de Produção e Qualidade da Caerd.

 

Escassez da água

 

Maria Bahia, explica ainda que o processo de tratamento convencional compreende as fases: a) captação, b)coagulação, c) floculação, d) decantação, e) filtração, f) desinfecção ou cloração, g) fluoretação h) correção de acidez quando há necessidade de alcalinizar (ocorre antes de b e após f).

Considerando que a água é considerada um recurso hídrico, portanto dotada de valor econômico, e que sua escassez já é real em alguns países e estados brasileiros, além do custo oneroso de produtos químicos e processo.

Sendo assim,  estamos orientando os usuários a evitarem o desperdício de água, tomando atitudes práticas do nosso dia-a-dia, tais como: fechar a torneira enquanto escova os dentes ou barba; não usar o vaso sanitário como lixo ou cinzeiro. Sempre que fizer reformas adquirir produtos que racionalizem o uso da água: descargas que utilizam menor volume de água, torneiras com redutor de fluxo, conserto de vazamentos, controle do chuveiro durante o banho, esperar acumular roupas e louças e lavar de uma só vez; fechar bem as torneiras, não lavar a calçada ou carros com mangueiras. Estas recomendações também são válidas para aqueles que se  servem de águas subterrâneas.

 

 

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano entrega homenagens a personalidades civis e militares

Presidente Alex Redano entrega homenagens a personalidades civis e militares

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), comandou na tarde desta quarta-feira (18), no Plenário da Casa de Leis, Sessão S

Cafeicultura rondoniense é destaque no desenvolvimento do estado com geração de emprego e renda, afirmou Cirone Deiró

Cafeicultura rondoniense é destaque no desenvolvimento do estado com geração de emprego e renda, afirmou Cirone Deiró

“A comercialização da saca do café robusta beneficiado está em R$ 700 reais com uma produção estimada para a safra de 2022, de 2,49 milhões de sacas

Lideranças do cooperativismo lançam pré-candidatura de Salatiel Rodrigues a deputado federal

Lideranças do cooperativismo lançam pré-candidatura de Salatiel Rodrigues a deputado federal

Durante a Assembleia Geral Ordinária da OCB (AGO) que aconteceu no último dia 29, em Porto Velho, lideranças do cooperativismo do estado lançaram a

Vereador Fogaça indica compra de cinco ambulâncias para distritos de Porto Velho

Vereador Fogaça indica compra de cinco ambulâncias para distritos de Porto Velho

O vereador Everaldo Fogaça (Podemos) disse nesta terça-feira 17.05 que indicou à Prefeitura a compra de cinco ambulâncias para atendimento aos distrit