Porto Velho (RO) domingo, 9 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Banco da Amazônia inicia comercialização do Amazônia Card nesta segunda-feira


O Amazônia Card, o cartão de crédito do Banco da Amazônia, de bandeira Visa, lançado em parceria com a Caixa Econômica Federal, em Belém (PA), no dia 13 de novembro, na presença dos presidentes das duas instituições financeiras e do vice-presidente da Visa do Brasil, começa a ser comercializado nesta segunda-feira (4/12), inicialmente nas sete capitais da região Norte (Belém, Manaus (AM), Macapá (AP), Rio Branco (AC), Porto Velho (RO), Palmas (TO) e Boa Vista (RO) e também em São Luis (MA) e Cuiabá MT), exclusivamente nas agências e postos do Banco da Amazônia. No início do próximo ano, a comercialização do Amazônia Card atingirá toda rede de atendimento do Banco. O Amazônia Card poderá ser adquirido por clientes ou não do Banco da Amazônia.

A criação do novo produto está inserida na diretriz do atendimento integral do cliente, pela ampliação do portfolio de produtos e serviços do Banco. Em um prazo de três anos, o Banco da Amazônia assumirá integralmente a administração do cartão, que hoje é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

Com uma rede de atendimento de cerca de 150 pontos, dos quais 101 agências, o Banco da Amazônia atua nas mais importantes praças da região e também nas pequenas comunidades, o que lhe dá condições de difundir o dinheiro de plástico nos municípios do interior, criando nestas localidades a cultura da substituição do papel-moeda.

O Amazônia Card com bandeira Visa está sendo lançado inicialmente nas variantes Nacional, Internacional e Gold. A Diretoria aprovou o nome do empresário Antonio Georges Farah para integrar as peças publicitárias do Amazônia Card, homenageando-o como um dos melhores e mais fiéis clientes do Banco da Amazônia.

Como promoção de lançamento do Amazônia Card, o Banco está concedendo a isenção da primeira anuidade para as pessoas que adquirirem os cartões nos três primeiros meses, tanto para os titulares como aos adicionais. Esta promoção é válida a todas as três variantes.

Outro atrativo válido para as variantes Internacional e Gold, é que o uso desses cartões dará direito a pontos, que poderão ser convertidos em passagens aéreas, através do Programa de Regulamento Pontos Amazônia Card. O valor em reais de cada fatura é convertido em dólares americanos e estes em pontos na razão de 1 para 1. Ao obter uma certa quantidade de pontos, o cliente se habilita a viajar de graça para cidades do Brasil ou da América do Sul a sua escolha, servidas por companhias aéreas nacionais selecionadas. 

A adesão ao Programa de Pontos Amazônia Card é automática para os clientes dos cartões Internacional e Gold.  Já a partir da aquisição do cartão Amazônia Card Visa Internacional titular, o Programa concede 2.500 pontos e mais 500 pontos na primeira compra. A aquisição do cartão Amazônia Card Visa Gold titular dá direito a 3.500 pontos e 1.500 pontos na primeira compra. A renovação da anuidade também dá direito a pontos.

 

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano manifesta preocupação com clima de terror no campo, com ameaças de invasões

Presidente Alex Redano manifesta preocupação com clima de terror no campo, com ameaças de invasões

Durante discussão na Assembleia Legislativa, acerca dos crescentes rumores de invasões de propriedades e conflitos no meio rural, o presidente da Ca

PEC que muda regras para futuros servidores e altera organização da administração pública será discutida em audiência pública na ALE/RO

PEC que muda regras para futuros servidores e altera organização da administração pública será discutida em audiência pública na ALE/RO

Os deputados estaduais Anderson Pereira (PROS) e Lazinho da Fetagro (PT), apresentaram e tiveram aprovado, requerimento solicitando a realização de

Senador Confúcio diverge de projeto que libera a quebra de patentes da vacina contra covid-19

Senador Confúcio diverge de projeto que libera a quebra de patentes da vacina contra covid-19

O parlamentar afirmou que seu voto foi baseado em informações de técnicos experientes do Butantan, Fiocruz, Anvisa e outrosDurante o debate que aprov