Quinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Assinada ordem de serviço do Teatro de Porto Velho



Na noite de ontem (24) o governador Ivo Cassol, acompanhado da primeira dama Ivone Cassol, deu o pontapé para o reinício da construção do Teatro de Porto Velho com a assinatura da Ordem de Serviço, que dará continuidade as obras paradas há mais de uma década.

A solenidade foi bastante concorrida e reuniu centenas de pessoas entre autoridades civis e militares no terreno onde hoje existem apenas escombros e armações de concreto do Teatro Estadual, na Avenida Presidente Dutra, no bairro Pedrinhas. Entre elas estavam o vice-governador João Cahulla, o chefe da Casa Civil, Odacir Soares, o senador Expedito Júnior, os deputados federais Rubens Moreira Mendes e Eduardo Valverde, os secretários de Estado e os deputados estaduais Jidalias Tiziu, Jesualdo Pires, Miguel Sena e a comandante Geral da Polícia Militar, Angelina Ramires.

Para o secretário Estadual de Cultural, Esporte e Lazer - Secel, Jucélis Freitas, o evento marca um momento histórico para classe de cultura e artes cênicas, assim como toda a população de Rondônia. 

O que ainda impedia a retomada dos trabalhos era a escritura pública definitiva do terreno, uma medida para evitar problemas como ocorreu em 2007 entre o Exército e o Governo do Estado. Com o documento de doação da área da União ao Estado de Rondônia, a obra deve começar ainda este mês de julho. As armações serão reaproveitadas e a obra deve ser concluída no prazo de 18 meses.

A construção do Teatro Estadual será realizada sob fiscalização do Departamento de Obras e Serviços Público do Estado (Deosp). Avaliado em mais de R$ 17 milhões, montante este já depositado pelo Banco do Brasil na conta do Governo do Estado, o teatro foi projeto sob linha moderna com capacidade para aproximadamente 750 lugares. Possui saguão duplo, térreo e mezanino, com facilidade de acesso para portadores de necessidades especiais.

"Me sinto muito feliz de construir e realizar o sonho da população do estado. Em breve nossa capital vai ficar equiparada com as demais capitais do país, uma vez que era a única do Brasil que não tinha um Teatro, um espaço para as manifestações culturais. Depois de pronto, nosso Teatro terá capacidade de público bem maior que o Teatro Amazonas em Manaus, que possui 500 lugares. O nosso terá 700 lugares e mais uma sala para espetáculos pequenos com capacidade para 200 pessoas, além de salas para oficina de dança, cenário, iluminação e figurino. Será uma das mais modernas edificações do nosso estado, depois do Centro Político Administrativo", salientou o governador Ivo Cassol durante seu discurso.

Fonte: Decom

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) recebeu no último dia 12 de junho (quarta-feira) uma demanda para solucionar a drenagem pluvial na a

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Cumprindo uma intensa agenda pelo interior de Rondônia, a deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) visitou na última semana os municípios de

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

A cidade de Rolim de Moura receberá nos dias 8 e 9 de agosto a 3ª Feira Científica. O fórum, organizado pelo Instituto Mocam - Movimento Científico

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Sob a presidência do deputado estadual Laerte Gomes (PSD), o Parlamento Amazônico se reuniu na tarde da última terça-feira (19), na Câmara dos Deput

Gente de Opinião Quinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)