Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política

ASSÉDIO MORAL: Deputado Ezequiel propõe projeto de lei


Liliane Oliveira
Projeto de lei que veda o assédio moral no trabalho, no âmbito dos órgãos, repartições ou entidades da administração centralizada, autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista, do Poder Legislativo, Executivo ou Judiciário do Estado de Rondônia, inclusive concessionárias e permissionárias de serviços estaduais de utilidade ou interesse público foi à proposta apresentada pelo deputado Ezequiel Neiva (PPS), na Assembléia Legislativa.
No entendimento do parlamentar, o assédio moral está ligado à humilhação envolvendo sentimentos como ofensa, menosprezo, rebaixamento, constrangimento, dentre outros. “A pessoa que é vítima de assédio moral se sente desvalorizada e envergonhada. No ambiente de trabalho, esse assédio pode ser identificado por humilhações constantes, geralmente provocados por um chefe ou superior na escala hierárquica, que levam a uma degradação das condições de trabalho. A vítima, com medo de perder o emprego, se sente de mãos atadas diante das hostilidades e acaba se submetendo ao rebaixamento”, salientou.
De acordo com o projeto de lei, será considerado assédio moral: a exposição do funcionário, servidor ou empregado à situação humilhante ou constrangedora, ou qualquer ação, palavra ou gesto, praticado de modo repetitivo e prolongado, durante o expediente do órgão ou entidade; por agente, delegado, chefe ou supervisor hierárquico ou qualquer representante que, no exercício de suas funções, abusando da autoridade que lhe foi conferida, tenha por objetivo ou efeito atingir a auto-estima e autodeterminação do subordinado, com danos ao ambiente de trabalho, aos serviços prestados ao público e ao próprio usuário, bem como, impor obstáculos à evolução da carreira ou à estabilidade funcional do servidor constrangido.
A proposta de Ezequiel Neiva, também adverte para penalidade de suspensão que poderá ser convertida em multa, em montante ou percentual calculado por dia, à base dos vencimentos ou remuneração, nos termos das normas específicas de cada órgão ou entidade, sujeitando o infrator a receber informações, atribuições, tarefas e outras atividades. “É necessário que se entenda que o objetivo principal do projeto é disciplinar a relação entre os servidores públicos, vislumbrando o direito constitucional”, finalizou.
Fonte: Decom

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes articula reunião com representantes da agroindústria de Rondônia, Idaron e Sefin

Presidente Laerte Gomes articula reunião com representantes da agroindústria de Rondônia, Idaron e Sefin

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), junto com os deputados Ismael Crispin (PSB), Cássia Muleta (Pode) e Chiquinho da Emater a

Deputados votam a LDO para 2021, com quatro emendas

Deputados votam a LDO para 2021, com quatro emendas

Os deputados estaduais aprovaram, em sessão extraordinária nesta terça-feira (24), o PL 557/20, que dispõe sobre as Diretrizes para a elaboração da Le

Sargento Eyder Brasil defende local digno de trabalho aos policiais do 5º BPM  e cobra desburocratização

Sargento Eyder Brasil defende local digno de trabalho aos policiais do 5º BPM e cobra desburocratização

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (24), o deputado estadual Sargento Eyder Brasil (PSL) defendeu um local digno de trabalho aos policia

Vereadora Cristiane Lopes cobra melhorias para bairros da Capital

Vereadora Cristiane Lopes cobra melhorias para bairros da Capital

A vereadora Cristiane Lopes (progressistas), mesmo em campanha do segundo turno rumo à prefeitura de Porto velho, não parou com os seus trabalhos le