Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Arrecadação em Rondônia cresce 250% nos últimos anos


 
Com o constante crescimento da arrecadação estadual, uma categoria de servidores públicos encerra mais um ano com o senso de dever cumprido: os Auditores Fiscais. “Graças ao trabalho e eficiência dessa categoria indispensável à manutenção do Estado, a arrecadação tributária vem aumentando a cada ano, com uma média de crescimento de 250% nos últimos anos”, informou o representante da classe, Mauro Roberto.

Mauro Roberto destaca que “mesmo com um número de auditores limitado [em relação a outros estados do País] para atender a elevada demanda de serviços fiscais, o trabalho de arrecadação tributária realizado em Rondônia é visto com bons olhos a nível nacional”. – Ele usa como exemplo o fato de Rondônia compor a Diretoria Executiva da Federação Nacional do Fisco (Fenafisco). Mauro foi empossado como Diretor Jurídico e de Defesa Profissional desta entidade que congrega 29 sindicatos no País.

“...Já em Rondônia falta reconhecimento”, desabafa o representante acrescentando que “nos últimos anos os governos se autopromoveram em cima do aumento da arrecadação, sem dar o menor valor ou reconhecimento aos servidores diretamente responsáveis por tal resultado. Ao contrário, até aqui tivemos que trabalhar com a falta de condições de trabalho, com insegurança nos postos fiscais, e sem acesso ao diálogo com o governo”.


ESPECTATIVA PARA O FUTURO

Em relação ao futuro, Mauro Roberto se revela otimista. “Com o novo governo, novo secretariado, e as novas formas e visões de administrar, enxergo o futuro com muita fé, pois as mudanças já começaram. Uma delas é a aproximação do novo governo à categoria dos auditores, que resultará no fortalecimento do Fisco Estadual”.

“Cabe destacar participação de representantes do novo governo na nossa festa de final de ano ocorrida no último dia 10 de dezembro. Fato incomum nas gestões passadas. Cito os nomes de Assis de Oliveira, da equipe de transição; Dr. Benedito Alves, novo titular da Secretaria Estadual de Finanças, e o secretário adjunto Wagner Luiz de Souza”.

“A previsão é que nos próximos anos Rondônia se torne um Estado mais forte economicamente. Para tanto, nossa responsabilidade é arrecadar com eficiência para propiciar ao governo condições de investir nas diversas áreas, como saúde, segurança e educação”, finalizou Mauro Roberto.


Fonte:Lucas Tatuí
 

Mais Sobre Política

Biometria obrigatória encerrará no mês de setembro, em oito municípios de Rondônia

Biometria obrigatória encerrará no mês de setembro, em oito municípios de Rondônia

A Justiça Eleitoral em Rondônia encerrará, no mês de setembro de 2019, a última fase do processo de revisão biométrica do eleitorado do estado, com co

Cristiane Lopes fiscaliza demandas de Extrema e União Bandeirantes

Cristiane Lopes fiscaliza demandas de Extrema e União Bandeirantes

A vereadora Cristiane Lopes (PP) esteve nos Distritos de União Bandeirantes e Extrema para realizar o levantamento das demandas dos moradores das comu

Rondônia é o primeiro estado do Brasil a implementar Programa Criança Protegida

Rondônia é o primeiro estado do Brasil a implementar Programa Criança Protegida

Em busca de efetivar políticas públicas que, de fato, beneficiem a sociedade rondoniense, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, e a primeira

Assembleia Legislativa aprova lei que garante o piso nacional aos professores da rede estadual

Assembleia Legislativa aprova lei que garante o piso nacional aos professores da rede estadual

Em duas votações, a Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, na sessão desta terça-feira (10), o Projeto de Lei Complementar 31/19, de autor