Porto Velho (RO) sábado, 19 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Amorim prega união sem submissão ao Pró-Rondônia


Independente das limitações, quer seja de cunho partidário ou de interesses regionais diferenciados, o pacto Pró-Rondônia – união das bancadas federal, estadual, Governo Estadual e outros poderes, que preconiza ação conjunta para promover a retomada do crescimento – está e continuará  dando certo, na visão do deputado federal Ernandes Amorim (PTB), desde que todos envolvidos continuem fazendo sua parte.
"A grande prova, é que pela segunda vez, em menos de três semanas, as bancadas e Governo atendem apelo dos prefeitos, através da Arom (Associação Rondoniense dos Municípios) para discutir tanto as questões macro, que passam pelos empreendimentos no rio Madeira, gasoduto, pavimentação e recuperação das rodovias federais, até o rateio de emendas para os municípios, e os convênios e outras propostas que ajudem cada localidade ter vida própria e, assim, ajudar o desenvolvimento de todas as 52 localidades que formam Rondônia", defendeu Amorim durante participação, hoje (23), na reunião promovida pela Arom, no Hotel Transcontinental em Ji-Paraná.
Para Amorim, o entrosamento é de mão dupla e tem efeito cascata. "Nós os parlamentares ajudamos o Governo, que por sua vez atende nossas reivindicações e, juntos, vamos ajudar cada município desse Estado, carente de renda, de investimentos em infra-estrutura, segurança, educação e saúde. Nosso propósito é ajudar. Não estamos aqui para criticar, mas para somar e cobrar quando for o caso. Estamos construindo uma unidade em defesa dos interesses de Rondônia, com união, mas que não pode ser confundida com submissão", disse Amorim.
Ainda no encontro, ele voltou a defender a regularização do setor primário no Estado, a organização dos municípios para municipalizar os serviços de saneamento e abastecimento de água tratada, celebração de convênios do Estado com todas as localidades para atender saúde, educação e segurança e, reiterou ao Governo, a criação de uma Secretaria de Minas e Energia para cuidar do setor mineral já que a Secretaria Estadual do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), segundo ele, não tem condições de cuidar da área e a Companhia de Mineração de Rondônia está extinta.

Fonte: Yodon Guedes

Mais Sobre Política

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (16), para deliberar projetos e voltou a di

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

A volta do protagonismo brasileiro na produção de cacau depende de mais investimentos em pesquisa e de ações como o fortalecimento da Comissão Executi