Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Amorim aciona justiça e ministro para cumprimento da Lei de Gestão de Floresta



O Ministério Público Federal, Justiça Federal (1ª Região) e o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, vão ser acionadas a partir de segunda-feira (28), pelo deputado federal Ernandes Amorim (PTB), para cobrar transparência do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), e cumprimento da Lei de Gestão de Florestas Públicas, quanto à continuidade da concessão para uso das florestas públicas em Rondônia.

O SFB, órgão do Ministério do Meio Ambiente, é responsável pelo processo que permite empresas privadas explorar 96 mil hectares da Floresta Nacional (Flona) do Jamari, em fase de licitação.

Amorim apóia ação popular na Justiça Federal contra o processo conduzido pelo SFB em Rondônia, e alega que o órgão tem mantido a mesma estratégia para burlar a lei e beneficiar e direcionar a licitação a grupo ligado ao capital estrangeiro.

Na quarta-feira passada, segundo ele, o SFB, de "forma secreta" e deliberada promoveu reunião no auditório do Ministério Público Estadual, em Porto Velho, para discutir "com meia dúzia de indivíduos" a condução da exploração de florestas públicas em Rondônia sem o envolvimento dos eventuais beneficiados, conforme preceitua a Lei de Gestão de Florestas, nem os agentes públicos e políticos – nem bancada federal, estadual, e Governo do Estado – foram convidados.

"A reunião foi às escondidas, sem ampla divulgação. Fizeram a mesma armação da vez passada, objeto de denúncia e ação popular que tramita na Justiça. Às escondidas, sob alegação de reunião técnica levaram o representante do Ibama, o deputado Valverde, padrinho político, e quatro sem terra, para alegar, em ata, que cumpriram as exigências da lei. Isso é uma imoralidade. Uma afronta a lei, com intuito claro, mais uma vez de lesar o Estado e beneficiar um grupo. A Justiça precisa coibir essa afronta e validar o que determina a lei", reclama o parlamentar.

Flona Bom Futuro

No documento a ser enviado ao ministro do Meio Ambiente, Amorim vai acrescentar também, duas outras situações pendentes no Estado: a legalização de um assentamento de 800 famílias em Cujubim, com área já desapropriada, mas ainda não indenizada pelo Governo Federal, e alteração da Flona do Bom Futuro para legalizar os posseiros que vivem na área há mais de 20 anos. Ele parabeniza o acordo firmado entre o ministro e o Governo do Estado, de criar um grupo de trabalho, na segunda-feira, para estudar a forma legal de validar a área para os posseiros. "Fomos o primeiro a propor esse tipo de ação ao Governo quando estivemos no Senado. Agora, vemos o compromisso de se legalizar essa pendência. É um grande passo. Esperamos, quando da vinda do ministro, que já traga as soluções tanto para Bom Futuro quanto Jamari", afirma o parlamentar. 
 
Fonte: Yodon Guedes

Mais Sobre Política

Comissão de Educação da ALE discute tabela do piso do magistério com secretário da Seduc

Comissão de Educação da ALE discute tabela do piso do magistério com secretário da Seduc

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (23), para deliberar projetos e também disc

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que  investiga fraude em fundos de pensão

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que investiga fraude em fundos de pensão

Por determinação do Supremo Tribunal Federal, a Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (21) a Operação Grand Bazaar, visando desarticular um “esquema cri

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl