Domingo, 16 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

AMAZÔNIA: rede de processamento de dados em 2008


Amanda Mota
Agência Brasil

Manaus - A partir de 2008, um novo sistema virtual criado pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) irá contribuir para a organização e o armazenamento de informações referentes ao meio ambiente amazônico. A idéia é que esses dados possam ser compartilhados pelos governos municipais e estaduais da região composta por Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins. Trata-se da Rede de Processamento de Imagens e Informações Geográficas (Repig), que receberá do Censipam R$ 1,6 milhão para sua criação.

De acordo com o coordenador de Relações Institucionais do Censipam, André Panizza, a novidade representa a criação de uma grande e consolidada rede de processamento de imagens e de informações geográficas de toda a Amazônia. Ele explica que a Repig vai utilizar a rede de comunicação do Censipam para a transmissão de dados e de informações de interesse da região, na área de geoprocessamento e georreferenciamento, facilitando tarefas como o controle de desmatamentos e de queimadas, execução de planos de desenvolvimento estaduais e municipais, entre outros.

"Com a Repig, a gente reforça ainda mais a atuação do Censipam na região, capaz de articular diferentes órgãos. Acho que a Amazônia ganha muito porque a padronização das informações é uma coisa muito complicada de se fazer mas, no nosso caso, teremos condições de mandar e receber as informações de forma padronizada e dar um direcionamento global. Com isso, teremos um conjunto farto de informações que poderão ser acessadas pelo Censipam e também por cada estado. Essas informações poderão ser disponibilizadas pelos estados à população, às universidades, enfim para todos que precisem", afirma.

Segundo Panizza, o primeiro contato entre o Censipam e os governos da Amazônia para efetivação da Repig foi feito no último dia 28. Ele explica que a Repig terá como um de seus principais pontos de apoio a atuação dos Centros Estaduais de Usuários (CEUs) do próprio Censipam, que também serão reestruturados e fortalecidos para a implantação da rede.

De acordo com a direção do Censipam, a gestão de cada CEU será de responsabilidade das secretarias designadas pelos governos estaduais, o que poderá contribuir de forma mais precisa para a identificação de demandas locais, aperfeiçoando o conjunto de atividades executadas pelo Censipam e oferecidas pela Repig.

 

Gente de OpiniãoDomingo, 16 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputado Alex Redano anuncia recursos de R$ 16 milhões para asfalto em Ariquemes

Deputado Alex Redano anuncia recursos de R$ 16 milhões para asfalto em Ariquemes

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) anunciou nesta quinta-feira (13), a o destino de R$ 16 milhões para massa asfáltica em que serão exec

Deputada Ieda Chaves solicita policiamento ostensivo e novos totens de segurança no Morar Melhor

Deputada Ieda Chaves solicita policiamento ostensivo e novos totens de segurança no Morar Melhor

Preocupada com o bem-estar e segurança da população, a deputada estadual Ieda Chaves (União Brasil), solicitou do Governo de Rondônia, através dos R

Deputados aprovam revisão anual dos servidores da Assembleia Legislativa

Deputados aprovam revisão anual dos servidores da Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei Complementar 77/2024, de autoria da Mesa Diretora, que concede revisão anual

Projeto que institui o Dia Estadual pelo Fim do Feminicídio é aprovado pela Assembleia

Projeto que institui o Dia Estadual pelo Fim do Feminicídio é aprovado pela Assembleia

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) aprovou o Projeto de Lei 111/2023, que institui no calendário estadual o dia 25 de março, como o Dia E

Gente de Opinião Domingo, 16 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)