Porto Velho (RO) segunda-feira, 8 de março de 2021
×
Gente de Opinião

Política

ALE liberou 7 milhões da verba de contingência para a segurança pública


A Assembléia Legislativa não remanejou R$ 3 milhões de verba solicitada pelo Governo para a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania. Pelo contrário, houve foi a autorização de suplementação orçamentária no montante de R$ 7 milhões e 600 mil dos recursos da reserva de contingência. Foi o que a Assessoria Técnica do Poder Legislativo informou ontem, ao destacar também que houve a alocação de R$ 6 milhões para a Secretaria de Administração Penitenciária.

O que a aconteceu com a aprovação de lei 1660, de 08 de agosto deste anos, conforme destaca a Assessoria Técnica, foi que o Poder Executivo, através da mensagem 071, solicitou autorização para abrir crédito suplementar até o montante de R$ 64.482.539,45 em favor de recursos sob a supervisão da Secretaria de Finanças para atender as Secretarias de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Desenvolvimento Ambiental Sedam) e da Administração Penitenciária (Seapen), mas não justificou a aplicação dos recursos, mesmo considerando que deveria sair da reserva de contingência.

Depois de analisada a matéria, considerando o pedido da alocação de recursos para os órgãos governamentais, principalmente no que diz respeito à segurança pública, os deputados aprovaram a suplementação de R$ 7,6 milhões para a Sesdec, já que não havia justificativa plausível para a liberação do montante de R$10 milhões e 600 mil, nem dos R$ 10 milhões para a Seapen, sendo liberados R$ 6 milhões. Além disso, os parlamentares aprovaram suplementação orçamentária de R$ 34 milhões para a transferência aos municípios, bem como verbas específicas para a formação do patrimônio público e administração da unidade da Secretaria de Administração Penitenciária.

Para dirimir qualquer dúvida, a Assessoria Técnica da Assembléia Legislativa informou que, conforme dados levantados no setor orçamentário, sempre dispensou tratamento prioritário para o atendimento da segurança pública que significa a proteção do cidadão e do próprio Estado de Rondônia. Esclareceu que no ano de 2004, houve a liberação por parte de Assembléia Legislativa para a Sesdec, de R$ 259 milhões e, em 2005, destinou R$ 216 milhões e, até agora em 2006, liberou o montante de R$ 225 milhões para a segurança pública e todos os adicionais solicitados pelo Executivo para o setor de segurança pública foi atendido pelo Poder legislativo.

Fonte: ALE

Mais Sobre Política

Mariana Carvalho destaca aprovação de programa emergencial para o setor de eventos

Mariana Carvalho destaca aprovação de programa emergencial para o setor de eventos

A Câmara aprovou nesta quarta-feira (3) o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (PERSE) com medidas para compensar a perda de receita e

Deputado Adelino Follador insiste na redução do ICMS sobre combustíveis e alimentos

Deputado Adelino Follador insiste na redução do ICMS sobre combustíveis e alimentos

O deputado Estadual Adelino Follador (DEM) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira, 02, para voltar a defender a redu

Deputado Ezequiel Neiva indica ao Governo a necessidade de construção de acostamento e ciclovia na Estrada da Penal

Deputado Ezequiel Neiva indica ao Governo a necessidade de construção de acostamento e ciclovia na Estrada da Penal

A construção de vias adicionais como acostamento e/ou ciclovia, bidirecional na RO-005, mais conhecida como Estrada da Penal, em Porto Velho, foi so

Lazinho da Fetagro propõe isenção de imposto para redução no preço do gás de cozinha

Lazinho da Fetagro propõe isenção de imposto para redução no preço do gás de cozinha

O deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) indicou ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado de Finanças (SEFIN) a necessidade de ser reduzido a