Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

ALE liberou 7 milhões da verba de contingência para a segurança pública


A Assembléia Legislativa não remanejou R$ 3 milhões de verba solicitada pelo Governo para a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania. Pelo contrário, houve foi a autorização de suplementação orçamentária no montante de R$ 7 milhões e 600 mil dos recursos da reserva de contingência. Foi o que a Assessoria Técnica do Poder Legislativo informou ontem, ao destacar também que houve a alocação de R$ 6 milhões para a Secretaria de Administração Penitenciária.

O que a aconteceu com a aprovação de lei 1660, de 08 de agosto deste anos, conforme destaca a Assessoria Técnica, foi que o Poder Executivo, através da mensagem 071, solicitou autorização para abrir crédito suplementar até o montante de R$ 64.482.539,45 em favor de recursos sob a supervisão da Secretaria de Finanças para atender as Secretarias de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Desenvolvimento Ambiental Sedam) e da Administração Penitenciária (Seapen), mas não justificou a aplicação dos recursos, mesmo considerando que deveria sair da reserva de contingência.

Depois de analisada a matéria, considerando o pedido da alocação de recursos para os órgãos governamentais, principalmente no que diz respeito à segurança pública, os deputados aprovaram a suplementação de R$ 7,6 milhões para a Sesdec, já que não havia justificativa plausível para a liberação do montante de R$10 milhões e 600 mil, nem dos R$ 10 milhões para a Seapen, sendo liberados R$ 6 milhões. Além disso, os parlamentares aprovaram suplementação orçamentária de R$ 34 milhões para a transferência aos municípios, bem como verbas específicas para a formação do patrimônio público e administração da unidade da Secretaria de Administração Penitenciária.

Para dirimir qualquer dúvida, a Assessoria Técnica da Assembléia Legislativa informou que, conforme dados levantados no setor orçamentário, sempre dispensou tratamento prioritário para o atendimento da segurança pública que significa a proteção do cidadão e do próprio Estado de Rondônia. Esclareceu que no ano de 2004, houve a liberação por parte de Assembléia Legislativa para a Sesdec, de R$ 259 milhões e, em 2005, destinou R$ 216 milhões e, até agora em 2006, liberou o montante de R$ 225 milhões para a segurança pública e todos os adicionais solicitados pelo Executivo para o setor de segurança pública foi atendido pelo Poder legislativo.

Fonte: ALE

Mais Sobre Política

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

O processo eleitoral na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), cujo pleito ocorreu nesta segunda-feira (14), foi e está sendo marcado pel

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

O Fim do Ministério do Trabalho é Retrocesso, afirma o servidor público Brunno Oliveira.Criado pelo então Presidente Getúlio Vargas em 1930 chega a

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Explanação sobre ações desenvolvidas pela Ouvidoria do Tribunal de Contas (TCE-RO) e a possibilidade da oferta de capacitação e orientação ao corpo fu

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Decreto publicado pelo Ministério da Educação autoriza o funcionamento do Campus em São Miguel do Guaporé Cumprindo compromisso firmado com a deputada