Porto Velho (RO) domingo, 13 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Acadêmicos de enfermagem da Faro vão estagiar no Hospital de Base


 
O convênio 272/08 firmado entre o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde e a Associação de Ensino Superior da Amazônia Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia – Faro foi assinado na noite desta terça-feira (19), durante cerimônia realizada no auditório da instituição de ensino e contou com a presença do governador Ivo Cassol, diretores da Faro e acadêmicos de enfermagem.

O convenio tem como objetivo desenvolver uma política de incentivo a educação na área de saúde pública criando-se mecanismos que propiciem a execução de atividades técnicas de conteúdo pedagógico frente às várias necessidades da população, através do desenvolvimento de atividades acadêmicas nas unidades de saúde da rede estadual, incluindo estágio supervisionados curriculares de estudantes regularmente matriculados com freqüência efetiva nos cursos de graduação e pós graduação na área de saúde da Faro.

O governador Ivo Cassol disse que quando foi procurado pelo Vice-presidente do Conselho da Faro, Sebastião Pinto propondo essa parceria ele fez questão de viabilizar o mais rápido possível esse convênio, pois o estado precisa cada vez mais de profissionais qualificados na área da saúde. O governador fez um pequeno relato de como pegou as unidades de saúde quando foi eleito governador pela primeira vez. O estado tinha apenas oito leitos de UTI – Unidade de Terapia Intensiva, hoje são 75 leitos, os demais leitos também foram ampliados, mas isso não é suficiente para atender a demanda que existe no estado.

Cassol também ressaltou que Porto Velho é a única capital do país que não tem um hospital municipal, o estado estaria arcando com a responsabilidade que seria do município, por isso que o Pronto Socorro João Paulo II esta superlotado porque realiza desde curativos até procedimentos de alta complexidade, declarou o governador.

Quanto à construção do hospital de Cacoal, Ivo Cassol disse que esta pagando pelo erro de governos anteriores que pagaram obras que não foram feitas e quem assume tem que resolver a pendência. O hospital deve ser concluído até o final do ano que vem e deve absorver cerca de mil novos profissionais, “muitos de vocês vão passar no concurso e devem ir trabalhar no hospital de Cacoal” disse o governador aos acadêmicos de enfermagem.

O Vice-presidente do Conselho da Faro, Sebastião Pinto agradeceu o carinho e a forma amistosa com que o governador o recebeu quando foi propor o convenio e disse que Ivo Cassol é um homem de visão e sensibilidade.

O secretário de Estado da Saúde, Milton Luiz Moreira disse que os programas campo de estágio e residência medica nasceram na gestão do governador Cassol que sempre priorizou a qualidade da rede estadual de saúde.

Fonte: Decom

Mais Sobre Política

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Na manhã desta terça-feira (8), a Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Adailton Fu

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Em reunião extraordinária nesta quinta-feira (3), a CPI criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia para investigar abusos praticados pela Empres

Presidente Laerte Gomes sugere a doação de veículos do Governo para entidades filantrópicas

Presidente Laerte Gomes sugere a doação de veículos do Governo para entidades filantrópicas

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) indicou ao Governo do Estado, a agilização de medidas administrativas e operacionais par

Mariana Carvalho apresentará relatório sobre saúde em Assembleia Mundial

Mariana Carvalho apresentará relatório sobre saúde em Assembleia Mundial

Pela primeira vez uma deputada brasileira é escolhida para relatar a resolução da União Interparlamentar (UIP), um organismo que reúne parlamentares d