Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política

6º BMP e RECEITA desarticulam esquema de vendas de notas fiscais


O Sexto Batalhão da Polícia Militar em Guajará-Mirim realizou uma Operação em conjunto com a Receita Federal na BR 425 e BR 364 e acabaram por desbaratar um esquema de venda de Notas Fiscais para acobertar transações comerciais ilegais de terceiros:

No primeiro dia da Operação os Policiais abordaram uma carreta SCANIA com cerca de 60 metros cúbicos de madeira e o motorista não tinha a ATPF (Autorização para transportes de Produtos Florestais), desconfiados, os Policiais interrogam-no e ele confidenciou que havia carregado o caminhão na cidade de Vista Alegre do Abunã, no entanto a Nota Fiscal era da cidade de Guajará-Mirim.

A carreta foi retida e encaminhada ao pátio da Receita Federal em Guajará-Mirim, que constatou que a empresa estava inativa a mais de um ano só que durante esse período emitiu mais de 400 Notas Fiscais burlando o recolhimento de Impostos Federais.

No segundo dia da Operação mais duas carretas carregadas com madeira foram encontradas com o mesmo esquema, tendo as carretas encaminhadas ao pátio da Receita Federal.
Os donos das carretas foram penalizados com multas no valor da mercadoria apreendida, R$ 7.588,00 e R$ 11.340,00 respectivamente.

De acordo com a Receita os donos têm 30 dias para pagarem as multas. O caso vai ser remetido à Polícia Federal, pois existem indícios de formação de quadrilha e outros crimes a serem investigados.

A ação conjunta da Receita Federal e o 6º BPM, também apreendeu uma grande quantidade de roupas e aparelhos eletrônicos contrabandeados da Bolívia. Nesse caso, a pena é de perda total das mercadorias.

A intenção da Receita Federal é manter a ação de fiscalização nas rodovias adjacentes a Guajará-Mirim e para tanto, conta com o apoio da Polícia Militar através do 6º Batalhão PM.

Mais Sobre Política

AROM retira, na Justiça, exigência que paralisa transporte escolar

AROM retira, na Justiça, exigência que paralisa transporte escolar

Em uma atuação inédita do movimento municipalista, a Associação Rondoniense de Municípios – AROM conquistou uma liminar favorável aos 52 municípios do

Dívida do extinto Banco do Estado de Rondônia é prolongada por 240 meses

Dívida do extinto Banco do Estado de Rondônia é prolongada por 240 meses

 Uma nova pactuação entre o governo de Rondônia e a União, tendo como interveniente o Banco do Brasil, foi assinada na tarde desta quarta-feira (15) p

Seminário vai discutir implantação do Patronato Penitenciário em Porto Velho

Seminário vai discutir implantação do Patronato Penitenciário em Porto Velho

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Centro de Apoio Operacional de Políticas Penitenciárias e Execução Penal (CAOP-PPEP), realiza