Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Vôo 1907: PF assume investigações e vai ouvir controladores de vôo


Bernardo de La Peña, Jaílton de Carvalho e Maria L - Agência O GloboBRASÍLIA e CUIABÁ - Nesta quinta-feira, o delegado federal Renato Sayão, designado pela PF para cuidar do caso, reuniu-se com as autoridades de segurança estaduais para tratar da queda do Boeing 737-800 da Gol. Os delegados da Polícia Civil que cuidam do caso acertaram com Sayão que deverá ser apresentado um recurso à Justiça de Peixoto de Azevedo, município no qual caiu o avião, para que o caso seja transferido para a Justiça Federal. As investigações sobre o acidente devem ser conduzidas mesmo pela Polícia Federal.Assumindo as investigações, uma das primeiras medidas da PF foi anunciar que os controladores de vôo que trabalham no Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo em Brasília (Cindacta1) devem começar a ser ouvidos nesta segunda-feira. Na quarta-feira, foi aberto inquérito para apurar as responsabilidades pelo acidente com o Boeing 737-800 da Gol.- Vou ouvir os controladores de vôo responsáveis e colher toda prova pericial já feita pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e pela Aeronáutica - disse Renato Sayão, delegado da PF que vai cuidar das investigações.O delegado disse que começa a receber nesta quinta-feira material sobre as investigações que estão em poder da Polícia Civil, em Cuiabá, do Ministério Público e da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso.- O trabalho da Polícia Civil é excelente. Eles tomaram todas as providências que tinham de ter tomado, mas parece que estamos chegando a um consenso que se trata de competência da justiça federal - afirmou o delegado.Sayão descartou, por enquanto, a necessidade de tomar os depoimentos do piloto do Legacy, Joseph Lepore, e do co-piloto, Jean Palladino. O jato da Embraer teria colidido com o Boeing da Gol. - Eles já foram ouvidos pela Polícia Civil e deram depoimento bem detalhado. Não sei se seria conveniente ouvi-los agora, de imediato - comentou.O Ministério Público pediu à Justiça Federal na tarde desta quinta-feira a renovação do pedido de apreensão dos passaportes do piloto e do co-piloto do Legacy 600. Mais cedo, a expectativa é que o pedido fosse feito pelo delegado federal Renato Sayão, responsável pelo inquérito da Polícia Federal instaurado para investigar as causas da queda do avião. Para Sayão, a renovação da apreensão dos passaportes é fundamental para a continuação das investigações.- Se esses pilotos saírem do país antes das investigações serem concluídas, será um prejuízo irreparável para a coleta de provas. Como vou fazer um interrogatório de uma pessoa que está nos Estados Unidos? E, caso venham a ser considerados culpados de alguma coisa, se ficar provado, como é que eles vão responder a um processo, estando no exterior? - questionou.Renato Sayão também disse que ainda é prematuro atribuir culpa ao piloto do Legacy. Segundo ele, ainda não se pode afirmar que o piloto do jato desligou o sistema que detecta o avião no radar do Cindacta.- Não existe nenhum documento oficial a respeito desse fato. Não existe nada que diga isso. São hipóteses apenas - afirmou.Anac e ExcelAire divulgam comunicadosA Anac divulgou nota rebatendo as críticas que tem recebido pelo trabalho realizado nas investigações do acidente. Os familiares reclamaram da demora e do desencontro das informações e de um possível desrespeito com a dor dos parentes das vítimas. Segundo a nota, a Anac não cometeu nenhuma ingerência nos procedimentos adotados para investigar o desastre A ExcelAire, proprietária do jato Legacy que se chocou com o Boeing da Gol, divulgou nesta quinta-feira um comunicado lamentando o acidente da última sexta-feira. A empresa afirma que está contribuindo com a investigação, ressaltando que ela ainda está em sua fase inicial. A Excel destacou ainda que devem ser considerados nas investigações o monitoramento do tráfego aéreo, sistemas de comunicação e funcionamento dos equipamentos das duas aeronaves e responsabilidade das torres de controle envolvidas.

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

 247 – Um dia depois de denunciar à televisão portuguesa que o ex-presidente Lula está preso ilegalmente no Brasil (saiba mais aqui), o ministro Marco

 'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

"Uma decisão tomada há quase quatro anos pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, já custou mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos sem

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

Fachin arquivou uma investigação da Polícia Federal que recaía contra Temer. A apuração era sobre um manuscrito apreendido no gabinete do senador pel

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

"Você vê uma criança bonitinha, de 12 anos de idade, entrando em uma escola pública, não sabe o que ela vai fazer depois da escola. É muito complicado