Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Vereador perde mandato por infidelidade partidária


Agência O Globo RIO - Pela primeira vez no Brasil um político perdeu o mandato por causa da infidelidade partidária. Depois de 20 anos atuando como vereador da cidade de Guarapuava, no interior do Paraná, Osdival Gomes ficou sem o cargo por deixar o PMDB para se filar ao Partido Progressista (PP). Uma decisão recente do Tribunal Superior Eleitoral considera que o mandato pertence ao partido e não ao político. Osdival Gomes foi eleito pelo mesmo partido do presidente da Câmara, Ademir Strechar. A decisão do afastamento atendeu ao pedido do diretório municipal do PMDB, depois de consultar a assessoria jurídica da Câmara em Guarapuava. - Se tem alguém que se sente prejudicado, no caso o vereador Osdival, quem tem de recorrer a esses órgãos e à Justiça é ele - declarou o presidente da Câmara dos Vereadores. Na casa do vereador, a empregada informa que Osdival está viajando.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu