Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Vedoin depõe na PF e reafirma acusações


Agência O GloboCUIABÁ - Luiz Antônio Vedoin, chefe da máfia das ambulâncias, reafirmou nesta quarta-feira na Polícia Federal as acusações contra os parlamentares que receberam propinas. Ele foi ouvido o dia inteiro em Cuiabá por três delegados da PF de Brasília. A força-tarefa está na capital mato-grossense para ouvi-lo nos processos que correm no Supremo Tribunal Federal (STF) contra parlamentares.Em depoimento à PF, à CPI dos Sanguessugas e à Justiça, Vedoin relatou ter dado propina a dezenas de congressistas em troca do direcionamento de emendas parlamentares. Contra muitos, ele apresentou provas.Segundo a assessoria de imprensa da PF, os três delegados devem ficar até sábado ouvindo Luiz Antônio, seu pai Darci Vedoin e a ex-assessora do Ministério da Saúde, Maria da Penha Lino, também presa durante a Operação Sanguessuga. Ao todo, 82 deputados federais e dois senadores respondem a processo no STF por em razão do foro privilegiado. Nesta fase, os Vedoin e Maria da Penha serão ouvidos em apenas 24 processos.- Eles estão reafirmando o que sempre disseram no início das investigações - disse o advogado Elói Ricardo Reffatti, que acompanha as audiências.A PF não divulgou os nomes dos parlamentares em cujos processos Vedoin foi ouvido. O motivo, de acordo com a assessoria de imprensa, é o segredo de Justiça decretado nas investigações. A PF também quer evitar uso político nas vésperas da eleição, já que muitos dos investigados concorrem à reeleição.Luiz Antônio Vedoin chegou à superintendência da PF por volta das 9h, escoltado por policiais federais. Ele está com a prisão preventiva decretada desde o dia 15 de setembro. Seu pai Darci Vedoin, que aguarda julgamento em liberdade, chegou às 11h. Nenhum dos dois falou com a imprensa. Eles prestaram depoimento em separado durante todo o dia. Não houve pausa sequer para o almoço. Maria da Penha só chegou no fim da tarde, acompanhada de duas advogadas, e não quis dar entrevista.

Mais Sobre Política - Nacional

Delfim Netto: “Próximo presidente vai ser impichado”

Delfim Netto: “Próximo presidente vai ser impichado”

Não é uma previsão catastrofista, garante, mas uma "leitura simples" a partir do que o sistema político-eleitoral foi capaz de produzir até hoje

Gleisi vence de goleada acusação farsesca: 5 a 0

Gleisi vence de goleada acusação farsesca: 5 a 0

Por unanimidade, a 2ª Turma do STF absolveu a senadora Gleisi Hoffmann, seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, e o empresário Ernesto Kugler das ac

STF confirma julgamento da liberdade de Lula no dia 26

STF confirma julgamento da liberdade de Lula no dia 26

Após a convocação de uma sessão extraordinária para a próxima terça-feira, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal confirmou a inclusão na pauta

Pimenta avisa: CPI das delações fará seu trabalho

Pimenta avisa: CPI das delações fará seu trabalho

A quem interessa tolher o poder de investigação do Parlamento brasileiro?