Porto Velho (RO) quarta-feira, 14 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Vedoin apresenta documentos que comprometem parlamentares


Agência O GloboBRASÍLIA - Em depoimento a portas fechadas na manhã desta terça-feira, empresário Luiz Antônio Trevisan Vedoin, sócio da empresa Planam, entregou a integrantes da CPI dos Sanguessugas documentos que comprovam o repasse de recursos para cinco parlamentares contra os quais a comissão tinha apenas indícios de participação em fraudes na compra de ambulâncias. De acordo com o vice-presidente da CPI, deputado Raul Jungmann (PPS-PE), esses recursos teriam sido recebidos por auxiliares e parentes dos parlamentares, como mostram cópias de cheques, de depósitos e notas fiscais.O depoimento de Vedoin será retomado por volta das 17h, segundo informou o presidente da CPI, deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ),Também na manhã desta terça-feira, a comissão realizou reunião administrativa para tentar votar cerca de 120 requerimentos, mas não conseguiu por falta de quórum. Entre os requerimentos que precisam ser votados, estão a convocação de ex-ministros para depor e a quebra de sigilos bancário, fiscal e telefônico dos parlamentares suspeitos.Após a reunião, Biscaia confirmou que o relatório da CPI, elaborado pelo senador Amir Lando (PMDB-RO), sobre o envolvimento de 90 parlamentares na fraude, será apresentado e lido na próxima quinta-feira, dia 10.Na véspera, o deputado Fernando Gabeira (PV-RJ), um dos sub-relatores da CPI, acusou o PSB de aparelhar o Ministério da Ciência e Tecnologia e com isso obter recursos para projetos de inclusão digital. Segundo Gabeira, a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), órgão ligado ao Ministério, liberou R$ 4,2 milhões para projetos com origem em emendas dos deputados do partido "de forma bastante irregular".

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.