Porto Velho (RO) terça-feira, 3 de agosto de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Um Grito por Direitos


 
 

Luiz Bassegio e Luciane Udovic *

Adital - No dia 7 de setembro, serão realizadas, em todo Brasil, as mobilizações da 14ª edição do Grito dos Excluídos/as. Neste ano o lema é " Vida em Primeiro Lugar. Direitos e Participação Popular". Como acontece todos os anos, as mobilizações devem levar às ruas de todo o Brasil, mais de 500 mil pessoas. É preciso que o povo participe dos processos de tomada de decisão para a conquista dos seus direitos. Não apenas para garantir os direitos já consolidados pela Constituição Federal, mas também para ampliá-los. A ordem é "Universalizáção Já!". Devem ter destaque nas mobilizações os temas do meio ambiente, os biocombustíveis, o agronegócio, além dos direitos por moradia e saúde e a questão da terra e reforma agrária.

Um dos principais eixos do Grito este ano em relação à questão do projeto popular é a democracia direta e participativa, visando à elaboração e execução de projetos para melhoria da vida das pessoas e do controle social sobre a coisa pública. Outro eixo é o da soberania nacional, que abrange todas as questões relacionadas à dívida, à política econômica, aos recursos naturais e à diversidade.  O Grito afirma a necessidade de pensarmos rumos diferentes para o Brasil, em que não se priorize o capital financeiro, as monoculturas agroexportadoras e os transgênicos, mas sim a agricultura familiar, tendo em vista que  é a agricultura familiar que mais gera empregos no Brasil e que produz alimentos bons e baratos para a população.

Em relação aos direitos, o Grito critica a onda de propostas de reformas conservadoras que buscam retirar os direitos sociais básicos da população. A Reforma Tributária que vem sendo proposta desconstitucionaliza direitos já conquistados e desconstrói toda a política pública de direitos sociais suprimindo fontes que garantem os recursos para a seguridade social.

Para o sucesso das mobilizações do dia 7 e a continuidade do processo para os demais anos, o grito aposta nas ações locais em parceria com a Assembléia Popular. Uma parceria que vem contribuindo de maneira determinante para organizar o povo nos locais, municípios e bairros; o  Grito dos Excluídos/as não é apenas reivindicatório, de conquistas imediatas. Aposta num processo de ampla mobilização popular para resolver os problemas do país. Apostamos ainda no saldo organizativo que estas ações resultam. O dia 7 é o auge das mobilizações, mas a partir desta empolgação, é preciso que o povo continue se organizando, tendo em vista a construção do projeto popular alternativo que atenda as demandas da população.

 Em relação às eleições o Grito vê como uma boa oportunidade de se debater o projeto que queremos para o Brasil e é preciso que as vitórias eleitorais se transformem de fato em vitórias sociais que contribuam na forma de se fazer política, onde o povo tenha vez e voz, seja ouvido e participe das decisões que dizem respeito à sua vida.

A ousadia de dar voz aos (às) excluídos(as) é uma das maiores conquistas simbólicas do Grito. Mudamos a cara do 7 de setembro. Antes só desfiles, tanques, soldados e cavalos. Hoje, temos uma grande mobilização nacional que mostra que a Nação não é só isso. É gente que não tem trabalho, meninos(as) na rua, migrantes, sem terra e sem teto e uma imensa diversidade. 

* Secretaria Continental do Grito dos Excluídos/as

Fonte: ADITAL

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu