Porto Velho (RO) domingo, 18 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE retira do ar site com domínio 'Lula13.com'


Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Ari Pargendler atendeu, no domingo, a pedido da coligação A Força do Povo (PT-PRB-PcdoB) determinando à empresa Registro.BR, responsável pelos domínios de sites no Brasil, a retirada do ar da página "Lula13.com". A coligação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva argumentou que o site foi criado irregularmente, sem autorização ou conhecimento do candidato à reeleição.A coligação alegou também que o site está fazendo campanha contra Lula e que foi criado no dia 26 de junho, portanto, a poucos dias do início oficial da campanha, em 1º de julho. Outro argumento utilizado foi o "grande prejuízo da coligação pela divulgação criminosa na rede mundial de computadores", já que o site oficial da campanha é semelhante: www.lula13.can.br.A Força do Povo lembrou, ainda, que o domínio "Lula13", seja qual for a sua terminação, pertence à própria coligação, segundo o disposto no artigo 71 da Resolução 22.261/06, sobre propaganda eleitoral, "até para evitar, como no caso em tela, a utilização indevida e criminosa do nome e do número do candidato". Os advogados do presidente Lula alegaram que os eleitores confundem o site com a página oficial da campanha.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele