Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE não deve manter cassação de candidaturas de políticos investigados


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio de Mello, sinalizou nesta terça-feira que o Tribunal não deve manter a decisão dos Tribunais Regionais Eleitorias (TREs) que rejeitaram o pedido de registro dos candidatos que estão sob investigação, como no caso dos candidatos suspeitos de envolvimento no sanguessugas.Segundo Marco Aurélio, os ministros do TSE vão analisar as impugnações a partir do princípio da não culpabilidade, estabelecido na Lei Eleitoral, que diz que ninguém pode ser condenado antes do processo julgado em última instância. Em outras ocasiões, ele havia afirmado que deveria ser levado em conta, nos julgamentos, o princípio da administração pública, que exige moralidade para servidores públicos, o que poderia manter as impugnações dos TREs em caso de candidatos investigados pela Justiça ou pelo Congresso. O ministro voltou a fazer um apelo ao eleitor.- Nós atuamos de acordo com a lei. O que não ocorre com o eleitor, portanto, a palavra está com o eleitor. Que ele no dia primeiro de outubro compareça às sessões eleitorais de forma consciente e faça a seleção que é preciso ser feita - disse Marco Aurélio.Na semana passada, entre os pedidos de candidatura cassados temporariamente pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TER-RJ), por envolvimento com a máfia dos Sanguessugas, estão os deputados Paulo Baltazar (PSB), Elaine Costa (PTB), Fernando Gonçalves (PTB) e Reinaldo Gripp (PL). Paulo Baltazar já protocolou recurso no TSE.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di