Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE mantém registro de Roseana Sarney ao cargo de governadora do Maranhão


 
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve, na sessão desta sexta-feira (1º), a decisão do ministro Hamilton Carvalhido que negou recurso apresentado por Aderson de Carvalho Lago Filho contra o registro de candidatura de Roseana Sarney Murad ao cargo de governadora do Maranhão nas eleições de 2010.

A Corte entendeu que a aplicação de multa a Roseana Sarney por propaganda eleitoral antecipada, em publicidade institucional do estado, não é fator que gera inelegibilidade segundo dispositivo da Lei Complementar 64/90 (Lei das Inelegibilidades), mesmo levando em conta as alterações feitas pela Lei da Ficha Limpa (LC 135/2010).

Aderson Lago alegou na ação que a candidata seria inelegível, à luz da Lei Complementar nº 135/10, porque teria sido condenada por órgãos colegiados do Poder Judiciário em três processos, incidindo na causa de inelegibilidade da alínea h do inciso I do artigo 1º da Lei Complementar nº 64/90.

Porém, no recurso apresentado ao plenário contra a decisão individual tomada pelo ministro Hamilton Carvalhido, Aderson Lago aponta como motivo da inelegibilidade de Roseana apenas a propaganda antecipada pela qual teria sido condenada ao pagamento de multa.

O ministro Hamilton Carvalhido, ao desprover o recurso, reforçou os termos de sua decisão individual ao destacar que “a candidata foi condenada ao pagamento de multa, por violação ao artigo 36, § 3º, da Lei nº 9.504/97, em razão de propaganda eleitoral irregular, não se podendo inferir, a partir da análise daquela representação, que tal prática resulta do abuso do poder político, não reconhecido em sede apropriada”.

O ministro ressaltou que “a infração àquele dispositivo não configurava, como ainda não configura, por si só, causa de inelegibilidade”, mesmo com as mudanças feitas pela LC 135/2010 em artigos da Lei das Inelegibilidades.

“Por essas razões, nego provimento ao recurso e mantenho o deferimento do pedido de registro da candidata ao cargo de governador”, disse o ministro Carvalhido.

Processo relacionado: RO 303704

Fonte: TSE
 

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç