Porto Velho (RO) sexta-feira, 1 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE libera registro de Jackson Lago para concorrer ao governo do Maranhão


 
Débora Zampier
Agência Brasil

Brasília – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) liberou hoje (30) a candidatura de Jackson Lago (PDT) para concorrer ao governo do Maranhão por 4 votos a 3. O Ministério Público do estado que pediu que a candidatura fosse barrada pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

Para o relator, ministro Hamilton Carvalhido, o caso de Lago não pode ser enquadrado pela Lei da Ficha Limpa, já que ele foi condenado por um recurso contra a expedição de diploma. A Lei da Ficha Limpa prevê que só quem foi condenado por meio de representação fica inelegível. Votaram contra os ministros Ricardo Lewandowski, Aldir Passarinho Junior e Cármen Lúcia.

Lago teve o diploma de governador cassado em abril de 2009, por abuso de poder político nas eleições de 2006, que segundo a defesa, foi motivado pela realização de dois eventos no interior do estado.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu