Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TSE deve investigar urnas eletrônicas encontradas em fazenda de Janene


Ana Paula de Carvalho - Agência O GloboCURITIBA - O desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), José Antonio Vidal Coelho, pediu ajuda ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para investigar as urnas eletrônicas encontradas na fazenda do deputado federal José Janene (PP-PR). O pedido foi feito após o TRE-PR ter recebido uma comissão do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), que exige a investigação mais aprofundada.O MST encontrou quatro urnas eletrônicas durante ocupação da fazenda do deputado federal, que foram apreendidas pela Polícia Federal. Segundo o TRE, foi instaurado um processo eleitoral para apurar o caso. O tribunal afirma que o tipo de urna encontrada, que seria utilizada para treinamento de eleitores, é proibido pela legislação.Os sem-terra contam que ficaram surpresos ao encontrar as urnas e cartazes de campanhas políticas, além de bonés e fitas de vídeo do então candidato a deputado estadual Antonio Belinatti.- Esses dois (Belinatti e Janene) sempre roubaram juntos - acusou o coordenador estadual do MST, José Damasceno. O grupo, formado por 700 famílias, continua acampado e pede agilidade na apuração das urnas destinadas à eleição. Em sua defesa, José Janene alegou que "nem candidato é". Ele afirmou que o MST pretende, com a iniciativa, corrigir um erro por ser uma manifestação sem conotação social. O movimento invadiu a fazenda para denunciar o desvio de dinheiro público para a compra de fazendas que deveriam ser destinadas à reforma agrária.Ex-líder da bancada do PP na Câmara dos Deputados, Janene é acusado de ter recebido R$ 4,1 milhões do esquema do empresário Marcos Valério. Janene ainda não foi julgado e o processo se arrasta por um ano na Comissão de Ética.

Mais Sobre Política - Nacional

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO

Mulheres são homenageadas na Câmara por se destacarem na luta por direitos

Mulheres são homenageadas na Câmara por se destacarem na luta por direitos

Em sessão solene no plenário da Câmara dos Deputados, a Medalha Mietta Santiago foi entregue hoje (19) a cinco mulheres que se destacaram na luta por