Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Telefônica diz que debate sobre convergência tecnológica é inevitável


Mônica Tavares - Agência O GloboBRASÍLIA - O debate sobre a convergência tecnológica no país é considerado inevitável pelo presidente do Grupo Telefônica no Brasil, Antonio Carlos Valente. Ele considera fundamental a participação do Executivo nestas discussões. Segundo ele, a convergência significa atração de investimentos e para isso é necessário ter o marco regulatório adequado.- A discussão pode ser iniciada por diversos segmentos, a sociedade civil pode discutir o tema. Pode ter iniciativas no Legislativo, mas a experiência mostra que a participação do Executivo é sempre fundamental. Pelo encaminhamento de Projeto de Lei, se for necessário, ou alteração de algum dispositivo legal. Isto tudo necessita de uma participação em menor ou maior grau do Executivo - disse Valente.Valente afirmou que existem três leis no país que regem o setor de telecomunicações e radiodifusão - Lei Geral de telecomunicações (LGT), de 1997; Lei do Cabo (1995); e o Código Brasileiro de Radiodifusão (1962). Para ele, estas leis foram elaboradas em momentos distintos e têm "espíritos" diferentes. Ele lembrou que a Lei do Cabo teve influência do "ambiente estatal", porque a Telebrás ainda não havia sido privatizada. Esta legislação impõe limite de 49% a participação do capital estrangeiro. Já a LGT não tem restrições.Segundo o presidente da Telefônica, em 1997, quando a Agência Nacional de Telecomununicações (Anatel) foi criada, já se falava na criação da Anacom - um órgão regulador das comunicações, incluindo telecomunicações e radiodifusão.- A idéia da Anacom era tentar antecipar o movimento da convergência. Estudar, analisar, debater quais seriam estas tendências de mercado futuro, de maneira que a sociedade brasileira fosse beneciada pela tecnologia futura - completou.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que