Porto Velho (RO) sexta-feira, 10 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Tarso Genro diz que suceder Thomaz Bastos é grande


Agência O Globo BRASÍLIA - O novo ministro da Justiça, Tarso Genro, destacou hoje "a grande responsabilidade que é suceder Márcio Thomaz Bastos na Pasta", tendo em vista que o ex-ministro "fez grande trabalho de fortalecimento institucional nas diferentes instâncias da Justiça". A afirmação foi feita durante a cerimônia de transmissão de cargo, que contou com a participação ministros de Estado, parlamentares e autoridades dos tribunais superiores, além dos governadores de Goiás, Alcides Rodrigues, e do Distrito Federal, José Roberto Arruda, empresários e funcionários do ministério. Em seu pronunciamento, Tarso Genro disse que se orgulha da Polícia Federal que o Brasil tem, porque tem agido de forma exemplar no cumprimento da lei e no combate à corrupção. "Ela (a PF) deve ser respeitada e fortalecida". O novo ministro afirmou também que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) terá "portas constantemente abertas nesta casa para o diálogo". Genro afirmou ainda que pretende intensificar, junto com o Ministério da Educação, um processo nacional que envolva as polícias com as comunidades na oferta de serviços para a juventude, especialmente nas periferias dos grandes centros urbanos. Ao se despedir, Thomaz Bastos destacou que em nenhum momento deixou que a lealdade ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva "ameaçasse a lealdade à Justiça". Ele ressaltou a autonomia e independência do Ministério Público na condução das investigações. Segundo Bastos, no primeiro ano do governo Lula o Ministério da Justiça conseguiu "destravar alguns projetos que se arrastavam há anos nos escaninhos da burocracia", como a certificação da reserva indígena Raposa Terra do Sol, em Roraima. O ex-ministro pediu ainda a seu sucessor para "arrancar o Plano de Carreira dos servidores do ministério dos escaninhos da área econômica". O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por sua vez, elogiou a atuação de Bastos à frente do ministério e a capacidade de dialogar com todos os setores. "Não era um companheiro do PT", disse. Segundo Lula Bastos está de saída porque "cansou" de ser ministro. A Tarso Genro, que foi deslocado da pasta de Relações Institucionais, para o Ministério da Justiça, no lugar de Bastos, Lula desejou "toda a sorte do mundo" e avisou que "o jogo é duro".

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu