Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

TAM não registrou cancelamentos nesta sexta-feira


Erica Ribeiro - Agência O GloboRIO - A companhia aérea TAM informou que nesta sexta-feira não houve cancelamento de nenhum vôo e apenas alguns atrasos decorrentes de vôos de quinta-feira que não decolaram. Estes vôos chegaram nesta sexta aos seus destinos com atraso médio de duas horas. Segundo a empresa, no meio da manhã o tráfego já estava normalizado.A empresa lembrou que sábado é tradicionalmente um dia de movimento mais fraco nos aeroportos. Nesta sexta, a venda de passagens nos guichês da empresa foi normal, porém sem grande movimento. Na quinta-feira, a TAM chegou a suspender a venda de bilhetes. Para domingo, a companhia colocou todo o pessoal de gerência, supervisão e atendimento de check-in trabalhando. A empresa também colocou tripulantes de plantão, além dos que estão com escala fechada para o domingo.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO