Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Supremo abre nova ação penal contra o senador Valdir Raupp



FELIPE SELIGMAN
Folha Online


O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu abrir ação penal contra o senador Valdir Raupp (PMDB-RO), por suposta prática do crime de falsidade ideológica nas eleições de 1998, quanto ele concorreu ao governo de Rondônia.

Por 6 votos a 2, os ministros do Supremo aceitaram denúncia contra o parlamentar, transformando-o em réu. Em 2005, ele foi acusado pelo Ministério Público de apresentar um documento falso em sua prestação de contas, que mostrava uma doação de campanha no valor de R$ 90.350 de uma empresa chamada Análise Construções e Serviços Ltda.

De acordo com a denúncia, a própria empresa afirma que nunca fez a doação para o então candidato ao governo de estado. Caso Raupp seja condenado, ele será punido pelo artigo 350 do Código Eleitoral, que considera crime "inserir declaração [pública ou particular] falsa ou diversa da que devia ser escrita, para fins eleitorais".

Esse artigo prevê pena de até cinco anos de prisão, se o documento for público, e até três anos de reclusão, se privado.

Para a relatora do caso, ministra Cármen Lúcia, os documentos relativos à prestação de contas devem ser considerados públicos. Isso quer dizer que ele poderá ser condenado a ficar preso por até cinco anos. Ela considerou que haviam indícios suficientes para abrir ação penal contra o senador.

Ela foi seguida por Ricardo Lewandowski, Joaquim Barbosa, Ellen Gracie, Marco Aurélio Mello e Carlos Ayres Britto.

Já José Antonio Dias Toffoli e Gilmar Mendes afirmaram que o caso já estava prescrito. Eles entendiam que o documento apresentado é particular -- não público -- e, portanto, a pena só poderia chegar a três anos de reclusão. Com a redução desse tempo, a prescrição teria ocorrido em 2006.

A defesa do senador argumentou que ele não tinha conhecimento das doações feitas para sua campanha, que eram administradas pelo comitê financeiro.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç