Porto Velho (RO) domingo, 20 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

STJ impede corte de energia se houver irregularidade na medição


Agência O GloboSÃO PAULO - Por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), as concessionárias de energia elétrica não poderão suspender o fornecimento do serviço por conta de dívidas do consumidor referentes à diferença entre o consumo real e o que estiver marcando no medidor. O STJ decidiu que, se a dívida for decorrente de irregularidade no medidor, a empresa deverá usar outros meios legais de cobrança, não a suspensão do fornecimento.A decisão foi tomada pela Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que rejeitou recurso apresentado por uma concessionária que tentava reverter decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A concessionária apresentou perícia indicando irregularidade na medição, mas não conseguiu comprovar fraude no equipamento. A irregularidade teria gerado uma diferença de 33% entre o consumo real e o registrado no medidor.Como o consumidor paga regularmente as faturas mensais, a Justiça fluminense entendeu que o corte de energia elétrica seria uma 'forma de coação' para forçar o pagamento da diferença.Para o STJ, a concessionária queria cortar a energia para forçar o consumidor a reconhecer 'as condições técnicas a que ela chegou unilateralmente'.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul