Porto Velho (RO) sexta-feira, 27 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Servidores envolvidos em fraudes no Amazonas serão exonerados, diz secretário


Agência O Globo Manaus - Os servidores estaduais envolvidos nas fraudes investigadas pela Operação Saúva - uma ação conjunta da Polícia Federal, da Receita Federal e do Ministério Público Federal - serão exonerados, segundo o secretário de segurança pública do Amazonas, Francisco Sá Cavalcante. Além do superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento no Amazonas (Conab), Juscelino Moura, e o secretário-executivo da Secretaria Estadual da Fazenda, Afonso Lobo, o procurador da República Frederico Pellucci declarou que outros servidores públicos, todos eles de baixo escalão, ainda devem ser indiciados. Em um ano de investigação, a quadrilha teria fraudado licitações que movimentaram R$ 126 milhões dos cofres públicos da Conab, do governo do Amazonas, do Exército Brasileiro, e das prefeituras de Manaus e de Presidente Figueiredo (AM).

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu