Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Servidor estadual fará recadastramento pela internet


Karina Lignelli, Agência O GloboSÃO PAULO - O governo do Estado de São Paulo descartou fazer o recadastramento dos 726 mil servidores estaduais pelo Poupatempo ou Nossa Caixa. A atualização será feita nos portais do governo e da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), ou formulários de papel distribuídos pelo RH de cada repartição.A medida foi definida, nesta segunda-feira, durante reunião de trabalho realizada com representantes da Central de Recursos Humanos do Estado, das secretarias de Gestão, Fazenda e Prodesp para discutir as regras e o sistema de recadastramento.-Não basta só recadastrar. Há divergências que podem ser detectadas facilmente pelo sistema de cadastro único que já vem sendo desenvolvido em conjunto com a Prodesp", afirma a coordenadora da Central de RH, Ivani Maria Bassotti.Durante esta semana, o grupo fechará os dados descentralizados dos servidores e discutirá as peculiaridades de cada secretaria para definir data e as regras finais para o sistema.Porém, o maior problema do recadastramento não é sua regulamentação, mas sim a manutenção dos dados no sistema, segundo Ivani. Para a coordenadora do RH, o desenvolvimento do sistema é simples.-Porém, será necessário realizar um trabalho de educação do servidor, para que mantenha seus dados pessoais sempre atualizados-, aponta Ivani.SuspensãoAlém de identificar e cortar pagamentos indevidos, o objetivo do censo é unificar o cadastro do funcionalismo, facilitar informações de âmbito federalcomo a RAIS e o IR, e redefinir funções de acordo com a capacitação de cada servidor.A previsão de início é fevereiro e os servidores terão 90 dias para atualizar os dados. Quem não fizer no prazo estipulado será avisado pelo RH. Se mesmo assim não se recadastrar, o salário será suspenso.

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni