Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Seguro-desemprego sobe devido ao reajuste de 8,57% mínimo e parcela máxima será de R$ 710,97


Valéria Maniero, Agência O GloboA partir do próximo domingo, 1 de abril, quando entrar em vigor o novo salário mínimo (R$ 380), a tabela para cálculo do seguro-desemprego também será alterada. As faixas de valor do benefício sofrerão reajustes de 8,57%.Os novos valores serão pagos tanto aos desempregados que já estão recebendo o benefício como àqueles que ainda vão dar entrada no pedido. Têm direito ao seguro-desemprego demitidos sem justa causa com registro em carteira.A faixa mínima servia a quem tinha recebido salário médio de até R$ 577,77 nos últimos três meses. Segundo cálculos feitos pelo EXTRA, com a atualização da tabela, esse limite passará a ser de até R$ 627,29.A faixa intermediária, válida para quem tinha salário entre R$ 577,78 e R$ 963,04, agora vai abranger os que tiveram ganho médio entre R$ 627,30 e R$ 1.045,61.A faixa máxima, que englobava os trabalhadores com renda acima de R$ 963,04, passará a incluir aqueles com salários superiores a R$ 1.045,61. Quem se inclui nesta categoria recebia a parcela máxima de seguro, de R$ 654,85. Agora terá direito a R$ 710,97.A Caixa Econômica Federal e o Ministério do Trabalho ainda não divulgaram, oficialmente, a nova tabela. No entanto, segundo o ministério, em janeiro deste ano, 21.562 pessoas do Rio receberam benefícios entre R$ 350 e R$ 462,21 (faixa menor). Outros 9.405 tiveram seguro-desemprego de R$ 462,22 a R$ 654,85 (faixa intermediária). Apenas 4.507 ganharam o seguro-desemprego mais alto.Confira as condiçõesSegundo as regras aplicadas ao benefício, o número de parcelas varia de três a cinco, de acordo com o tempo trabalhado com registro em carteira.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que