Porto Velho (RO) quinta-feira, 15 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Secretária morre em cirurgia para implantar silicone


Ana Paula de Carvalho - Agência O GloboCURITIBA - A secretária Daniele Gonçalves de Freitas, 25 anos, morreu após uma cirurgia plástica para implante de prótese de silicone nos seios, no Hospital Santa Madalena Sofia, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A morte ocorreu no sábado pela manhã, dentro da sala de cirurgia e teria sido causada por choque anafilático (reação alérgica à anestesia), segundo o irmão Samuel, de 35 anos.O irmão conta que a secretária estava bem de saúde e foi submetida a vários tipos de exames.- Não esperava por isso. Não conseguimos ficar nem dentro de casa - diz Samuel, justificando a presença dos familiares na casa de praia. - Colocar a prótese era o sonho da vida da minha irmã. Ela trabalhou e economizou muito para isso - afirma.O irmão explica ainda que a família vai aguardar a conclusão de todos os laudos, o que deve ocorrer até o próximo sábado.O médico responsável pelo procedimento cirúrgico, Marcos Ceschin, não é especialista em cirurgia plástica, segundo informou a assessoria de imprensa do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR), mas em clínica médica, cirurgia geral e medicina do trabalho.O CRM-PR já abriu procedimento para apurar o caso, que deverá ser analisado pela corregedora Raquele Burkiewicz. Em outubro deste ano, o mesmo médico já havia sido denunciado ao mesmo Conselho Regional por práticas irregulares.Em nota enviada à imprensa, o médico atribuiu a morte a uma "fatalidade" e afirmou que "a paciente apresentou características de uma patologia denominada hipertermia maligna, a qual é de ocorrência raríssima, constituindo-se no temor de qualquer equipe cirúrgica, em qualquer serviço médico do mundo. Esta patologia, mesmo bem tratada, costuma levar o paciente a óbito em poucos minutos".De acordo com a presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica no Paraná (SBCP-PR), Ana Zulmira Diniz Badin, a hipertermia maligna é uma situação que pode ser fatal.- É a falta de uma enzima que, com a anestesia geral, faz com que o paciente desenvolva febre alta.A cirurgiã plástica afirma, no entanto, que há meios de corrigir essa patologia.- Existe uma medicação que se administra e dá para cortar efeito - afirmou.Ana Zulmira alerta que todos os procedimentos incluem riscos, mas admite que podem ser maiores se os pacientes não estão nas mãos de cirurgiões plásticos, que passam três anos em especialização. A médicadenuncia a invasão de médicos sem habilitação. - É uma invasão total da nossa especialidade, com clínico geral fazendo lipoaspiração nos fins de semana, com a propagação da chamada medicina estética - criticou.A médica alerta que só há segurança nesse tipo de procedimento quando ele é realizado por um cirurgião plástico.- Legalmente todos os médicos podem até fazer cirurgia neurológica. Isso não quer dizer que acidentes não possam ocorrer - diz.A diretora-administrativa do Hospital Santa Madalena Sofia, Alessandra Campêlo Diniz, explica que o médico integra o corpo clínico da instituição, possui uma clínica particular e utiliza a estrutura do hospital para algumas cirurgias. Segundo ela, são realizadas em média 350 operações no local, sendo 90% dos pacientes provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele