Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Sanguessugas: Deputados que fugiram de notificação dão prejuízo de R$ 30 mil à Câmara


Evandro Éboli - Agência O GloboBRASÍLIA - Os seis deputados acusados pela CPI dos Sanguessugas e que fugiram das seguidas tentativas de notificação da abertura do processo no Conselho de Ética, não deram apenas canseira nos servidores do colegiado. Os parlamentares fujões geraram também um prejuízo extra para os cofres públicos de cerca de R$ 30 mil. Esse foi o custo que a Câmara teve que arcar para pagar a publicação dos seis editais num jornal de grande circulação do país e no Diário da Câmara dos Deputados. Nesse total, está incluído ainda despesas com as várias correspondências que o conselho enviou a esses deputados sobre o andamento da notificação.A Câmara gastou R$ 25 mil para publicar os seis editais no "Jornal do Brasil". Os deputados que se recusaram a assinar a notificação, e nem autorizaram seus funcionários a receber o documento, são os seguintes: Edna Macedo (PTB-SP), Elaine Costa (PTB-RJ), João Batista (PP-SP), Marcos Abramo (PP-SP), Irapuã Teixeira (PP-SP) e Ricardo Rique (PL-PB).Os outros R$ 5 mil foram gastos com o Diário da Câmara, que é impresso pela gráfica do Senado e responsável por todas as publicações oficiais da Câmara, e também com o custo dos Correios. O Conselho de Ética teve que enviar, a cada um dos seis "fujões", cópias das notificações do edital publicados tanto para seus gabinetes em Brasília como em seus escritórios nos estados. Esses documentos foram enviados via Sedex e com o aviso de recebimento (AR), que torna a correspondência mais cara. Os parlamentares também receberam vários telegramas alertando que seriam notificados por edital.Ex-integrante do Conselho de Ética, o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) quer que esses deputados façam o ressarcimento aos cofres públicos e paguem esse prejuízo à Câmara. Dividida a conta, sairia R$ 5 mil para cada um.- É um absurdo isso. Esses deputados cometem erro em cima de erro. É a irresponsabilidade ao cubo. Além do prejuízo que causaram ao país, como confirma a CPI dos Sanguessugas, ainda aparece mais essa. O PSOL vai entrar com uma ação civil pública para que devolvam imediatamente esses R$ 30 mil - disse Chico Alencar.Apesar de já notificados, três desses deputados (Elaine Costa, Irapuã Teixeira e Ricardo Rique) não foram buscar ainda no Conselho de Ética cópia do documento da CPI com as acusações contra eles. Os acusados já poderiam estar preparando suas defesas.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO