Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Registro de Maluf está na pauta para ser julgado pelo TSE


 
Débora Zampier

Agência Brasil,
Brasília – O recurso do registro do candidato Paulo Maluf (PP-SP) poderá ser julgado amanhã (30) à noite pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso, liberou o processo para inclusão na pauta. Maluf foi o terceiro candidato mais votado para deputado federal em São Paulo, mas seus quase 500 mil votos não foram computados porque concorreu com o registro negado.

O relator já havia negado o recurso de Maluf no dia 15 de outubro por entender que o candidato contestou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) fora do prazo. Maluf foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa pelo TRE-SP devido ao artigo que diz que ficam inelegíveis, por oito anos, aqueles que foram condenados por órgão colegiado por ato doloso de improbidade administrativa.

Em sua decisão, o ministro Marco Aurélio abordou apenas a questão preliminar sobre os prazos do recurso e não analisou o motivo que levou o TRE-SP a negar o pedido do candidato. No julgamento de amanhã, ele pode colocar em julgamento apenas a questão dos prazos ou trazer também a questão principal do registro para apreciação dos ministros.

Quanto aos prazos, o argumento de Marco Aurélio deve ser derrubado pelo plenário, pois há entendimento consolidado da corte na direção contrária do que é defendido pelo ministro. O relator também deve ser vencido em relação à não aplicação da Lei da Ficha Limpa nas eleições deste ano – defendido em todos os casos que ele julgou até o momento –, pois a corte definiu que a norma deveria ser aplicada já nas eleições de 2010.

O registro de Maluf só não será julgado amanhã caso o ministro retire o recurso da pauta de julgamento.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç