Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Raupp propõe abrir mercado de vôos domésticos a empresas estrangeiras


Com a intenção de aumentar a oferta de vôos domésticos no país, o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) apresentou projeto de lei para permitir que empresas internacionais de transporte aéreo possam prestar esse tipo de serviço no Brasil.

O PLS 258/06 altera os artigos 181, 182 e 212 do Código Brasileiro de Aeronáutica para revogar as restrições à nacionalidade do capital das companhias aéreas, autorizando a concessão do tráfego aéreo doméstico a qualquer pessoa jurídica brasileira que tiver sede no país, sem limitação de percentagem do capital estrangeiro das empresas. O projeto também autoriza a prestação de serviços de transporte aéreo doméstico, entre pontos de escala no Brasil, por companhias aéreas internacionais.

Em sua justificação, Raupp argumenta que a crise da aviação nacional nos últimos anos resultou na cessação de atividades de algumas empresas tradicionais de transporte aéreo. Assim, como lembrou, o consumidor vem enfrentando redução da oferta e problemas como tarifas mais caras, filas nos aeroportos, overbooking - marcação de lugares em número superior à lotação da aeronave, levando em conta a possibilidade de desistências de última hora -e extravio de bagagem.

A permissão para que companhias estrangeiras possam prestar serviços aéreos domésticos regulares permitirá maior concorrência no setor e melhor atendimento do consumidor, na opinião do senador. Além disso, a oferta de assentos em vôos domésticos pode ser ainda mais ampliada, aproveitando a capacidade ociosa das aeronaves que operam rotas internacionais.

Atualmente, as empresas aéreas internacionais são obrigadas a percorrer longos trechos sobre o território nacional com ociosidade de lugares porque lhes é vedada a oferta de serviços domésticos. Visando corrigir essa distorção, o projeto estabelece tratamento isonômico entre empresas aéreas nacionais e estrangeiras, permitindo que estas últimas vendam passagens nos trechos domésticos de linhas internacionais, afirma Raupp.

A proposta está em tramitação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde aguarda designação de relator.

Fonte:Laura Fonseca - Agência Senado

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.