Porto Velho (RO) quarta-feira, 14 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Rastreamento de Exploração Infantil: Polícia Federal fechou parceria com a Microsoft


Novo software permitirá que o Brasil troque informações sobre pedofilia com forças policias do mundo todo

Esta semana a Polícia Federal firmou parceria com a Microsoft Brasil para lançar a versão local do CETS - Child Exploitation Tracking System (pronuncia-se "KÉTS") ou Sistema de Rastreamento de Exploração Infantil. Trata-se de um software, que faz parte de um projeto internacional de combate à pedofilia na Internet. O programa está hospedado na sede da Polícia Federal, em Brasília. A ferramenta possui, entre outras funcionalidades, um banco de dados estruturado pelos próprios investigadores.

Paulo Quintiliano, chefe da Perícia de Informática da Polícia Federal, explica que o software irá aumentar o alcance da ação policial na investigação desse tipo de crime. "Antes do CETS nosso serviço de pesquisa em fotos e arquivos tinha de ser feito manualmente, tomando um tempo enorme e precioso de nossos policiais, além de dificultar a troca de informações com outras forças policiais locais e mesmo de outros países", esclarece.

Como surgiu o programa

O CETS foi desenvolvido pela Microsoft a pedido do Serviço de Polícia de Toronto, Canadá, que estava insatisfeito com a falta de recursos tecnológicos disponíveis para ajudar a resolver esse tipo de crime. Em 2003, quando a iniciativa começou, técnicos da Microsoft trabalharam em conjunto com autoridades canadenses para projetar de forma personalizada um software que permitisse à polícia se comunicar em tempo real com todas as cidades e países.

Após o lançamento oficial, em 2005, o sistema CETS foi apresentado pela Polícia Real Montada do Canadá a diversas forças de segurança ao redor do mundo. A Polícia Federal foi uma das primeiras a demonstrar interesse no projeto. Hoje a instituição brasileira faz parte do primeiro grupo de quatro países que receberam investimentos para a sua implantação. O sistema foi traduzido para o português, recebeu sugestões dos investigadores daqui e foi adaptado aos processos locais. Além do Brasil, Reino Unido, Itália e Espanha adotaram o CETS.

Estatísticas sobre a pedofilia

Os crimes sexuais on-line são um problema de grandes proporções. Segundo o International Centre for Missing & Exploited Children (Centro Internacional de Crianças Exploradas e Desaparecidas), dos Estados Unidos, desde 1998 mais de 300 mil ocorrências de exploração sexual na web foram informadas ao CyberTipline (http://www.cybertipline.com), canal de  denúncias da instituição. Além disso, estudo realizado pelo Departamento de Justiça Americano descobriu que uma em cada cinco crianças, entre 10 e 17 anos, recebeu solicitações on-line não desejadas.

No Brasil, cálculo feito pelos responsáveis pelo site Censura (www.censura.org.br) revela um quadro devastador. Nos últimos oito anos o portal recebeu denúncias de 6,2 mil páginas contendo pornografia envolvendo crianças e adolescentes. Cada uma apresentava cerca de 900 fotos e 300 vídeos inéditos dessa natureza. Segundo as contas da ONG, chega-se ao número de 7 milhões de meninos e meninas vitimados nesse período.

Fontes: ANDI

Polícia Federal

Paulo Quintiliano - chefe da Perícia de Informática

(61) 3311-8144 ou 3311-8142 (assessoria de imprensa)

dcs@dpf.gov.br

 

Microsoft Brasil

S2 Comunicação Integrada S/C Ltda. - http://www.s2.com.br

(11) 3457-0200

José Luiz Schiavoni (MTb 14.119) - joseluiz@s2.com.br

Elaine Cotta - elainec@s2.com.br - (11) 3457-0227

 

Abranet - Associação Brasileira dos Provedores de Internet

Antônio Tavares - presidente

Renata de Albuquerque ou Cláudia Fuji - assessoras de imprensa

(11) 3457-0217 ou 3457-0207

renata@s2.com.br  ou claudiam@s2.com.br

 

Ministério Público Federal

Sérgio Suiama - procurador

Marcelo Oliveira - assessor de imprensa

(11) 3269-5068

 

SaferNet - ONG que atua no combate aos crimes contra os direitos humanos na web

Thiago Tavares de Oliveira - presidente

colaborar@safernet.org.br

www.safernet.org.br

 

Site Censura (www.censura.org.br)

Anderson e Roseane Miranda - coordenadores

(12) 8112-1671 / 8112-1603 / 3916-3404

contato@censura.com.br

 

Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente

Bruno Monteiro - assessor de imprensa da deputada Maria
do Rosário (PT-RS)

(61) 3215-5471 / 9280-7771

bruno.monteiro@camara.gov.br

Mariana Monteiro - assessora de imprensa da senadora
Patrícia Saboya (PSB-CE)

(61) 3311-2301/ 3311-2308

marmms@senado.gov.br

 

Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes

Neide Castanha - coordenadora

(61) 3274-6632

comitenacional@terra.com.br

 

Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República

Paulo Vannuchi - ministro de Estado

Thais Guedes - assessora de imprensa

(61) 3429-3498

thais.guedes@sedh.gov.br
 

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.