Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PT faz investigação interna para chegar aos responsáveis


Agência O GloboSÃO PAULO - Apesar do desmentido oficial, a direção nacional do PT está certa da participação de petistas de São Paulo na tentativa de compra do dossiê contra os candidatos tucanos à Presidência, Geraldo Alckmin, e ao governo de São Paulo, José Serra. Por ordem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a cúpula iniciou uma investigação informal. Ontem, o diretório estadual do PT em São Paulo divulgou uma nota em que nega envolvimento com a venda do dossiê e diz estranhar a divulgação de notícias sobre a participação de seus integrantes.Até ontem, o PT não havia descoberto quem repassara o dinheiro a Valdebran Padilha da Silva e Gedimar Pereira Passos, mas encontrou indícios do envolvimento de líderes do PT municipal que têm bom trânsito junto ao PMDB paulista.A participação de petistas no episódio irritou o presidente. Ontem mesmo foi iniciada uma consulta telefônica para medir o impacto na campanha de Lula.A avaliação inicial é que a resposta de Lula, condenando veementemente a guerra suja contra Serra, foi suficiente. Mas a coordenação teme que a oposição tente inflar o episódio para causar turbulências e forçar um segundo turno.

Mais Sobre Política - Nacional

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

Pelo projeto, o produtor que desenvolver uma nova cor de orquídea pode ser liberado da inscrever o produto no RNCA Comissão de Agricultura e Reforma A

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p