Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PSB quer mais espaço no governo, mas promete não pressionar Lula


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - O vice-líder do governo na Câmara Beto Albuquerque (PSB-RS) disse nesta terça-feira que seu partido tem consciência de que merece ganhar mais espaço no governo, principalmente depois do resultado desta eleição, mas garantiu que o partido vai deixar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva livre para fazer suas escolhas na composição do novo governo.- Deixamos o Lula à vontade para que ele diga o que pensa do PSB. Não vamos colocar uma espada na garganta do presidente. Entendemos que o PSB cresceu, ultrapassado a cláusula de barreira, elegendo 27 deputados, 3 governadores no Nordeste (Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco). Temos que aumentar nosso protoganismo, nossa presença no govermo - disse.Sem citar nomes, o vice-líder do governo aproveitou para cutucar outros partidos da base aliada, que, segundo ele, não garantem o apoio prometido ao presidente Lula nas votações de matérias importantes no Congresso.- Somos um partido leal, diferente de outros que ficam pipocando, prometem apoio e votos e não têm (...) Não passa pela nossa cabeça sair da base - disse.Já o líder do PP na Câmara, Mário Negromonte (BA), foi explícito e reivindicou mais espaço no novo Ministério de Lula. O partido, que elegeu 41 parlamentares, sinalizou que, se o PMDB tiver espaço demais na administração federal, haverá reclamação.- O próprio presidente já disse que vai rever (o Ministério) e que vai fazer uma coisa justa. É lógico que ele não vai querer nenhum partido da base insatisfeito. Todo mundo vai gritar, nós iremos gritar - avisou Negromonte.

Mais Sobre Política - Nacional

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO

Mulheres são homenageadas na Câmara por se destacarem na luta por direitos

Mulheres são homenageadas na Câmara por se destacarem na luta por direitos

Em sessão solene no plenário da Câmara dos Deputados, a Medalha Mietta Santiago foi entregue hoje (19) a cinco mulheres que se destacaram na luta por