Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Propaganda eleitoral no rádio começa com muitos ataques e poucas propostas


Agência O GloboRIO - O primeiro dia da propaganda política da disputa pelo segundo turno para presidente da República no rádio começou com muitos ataques e poucas propostas. O candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, focou na questão ética e fez duras críticas ao governo do candidato do PT à reeleição, presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em seu programa eleitoral, Alckmin deu grande ênfase ao debate realizado no último domingo, na TV Bandeirantes. O programa, que mostrou trechos do debate entre os candidatos, afirmou que o tucano teria sido o grande vencedor.Já o programa de Lula falou sobre a "baixaria e a agressividade" de seu adversário durante o debate. O presidente falou ainda sobre a pesquisa Datafolha, publicada nesta quarta-feira, que aponta para um crescimento da vantagem entre os candidatos. Alckmin, que nesta quarta-feira fez duras críticas ao resultado da pesquisa, não citou o Datafolha em nenhum momento.Nesta quinta-feira também foi o primeiro dia de propaganda eleitoral da disputa pelo segundo turno para governo do Rio no rádio. O programa do candidato do PMDB, Sérgio Cabral, focou nas alianças que estão sendo firmadas para o segundo turno. Além das declarações do presidente Lula durante a oficialização do apoio ao Peemedebista, o programa mostrou declarações de Ciro Gomes, Marcelo Crivella e Vladimir Palmeira e o prefeito de Godofredo Pinto.Já a candidata do PPS, Denise Frossard, que chegou a dizer que votaria nulo, mas depois voltou atrás e reafirmou seu apoio ao candidato do PSDB a presidente, fez questão de dizer que sua aliança é com a população do Rio. A juíza aposentada preferiu fazer críticas ao atual governo do estado, mostrando depoimentos de eleitores sobre alguns dos principais problemas do estado como educação, transporte, trabalho e segurança.

Mais Sobre Política - Nacional

Delfim Netto: “Próximo presidente vai ser impichado”

Delfim Netto: “Próximo presidente vai ser impichado”

Não é uma previsão catastrofista, garante, mas uma "leitura simples" a partir do que o sistema político-eleitoral foi capaz de produzir até hoje

Gleisi vence de goleada acusação farsesca: 5 a 0

Gleisi vence de goleada acusação farsesca: 5 a 0

Por unanimidade, a 2ª Turma do STF absolveu a senadora Gleisi Hoffmann, seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, e o empresário Ernesto Kugler das ac

STF confirma julgamento da liberdade de Lula no dia 26

STF confirma julgamento da liberdade de Lula no dia 26

Após a convocação de uma sessão extraordinária para a próxima terça-feira, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal confirmou a inclusão na pauta

Pimenta avisa: CPI das delações fará seu trabalho

Pimenta avisa: CPI das delações fará seu trabalho

A quem interessa tolher o poder de investigação do Parlamento brasileiro?