Sexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Procuradores e ONGs fazem representação em defesa de casamento gay


Agência O Globo SÃO PAULO - Um grupo formado por sete procuradores federais do Rio, Brasília e São Paulo e representantes de quatro ONGs que defendem o direito dos homossexuais encaminhou uma representação ao procurador geral da República, Antonio Fernando de Souza, na qual pede que a PGR ajuize uma ação no Supremo Tribunal Federal para que a união estável entre pessoas do mesmo sexo seja reconhecida como entidade familiar. O pedido se baseia em pareceres técnicos dos juristas Gustavo Tepedino e Luís Roberto Barroso, para quem o reconhecimento legal da união entre pessoas do mesmo sexo deve atender aos mesmos requisitos de uma união heterossexual. Segundo eles, o não reconhecimento das uniões homossexuais é inconstitucional e leva a uma série de violações de direitos patrimoniais (pensão alimentícia, direito à herança, declaração conjunta de renda, por exemplo) e extrapatrimoniais, como abalo à auto-estima, desvalorização pública e homofobia. "Existe um verdadeiro estado geral de inconstitucionalidade nesta matéria, que se desdobra em uma multiplicidade de atos e omissões estatais, implicando em séria ofensa aos direitos fundamentais dos homossexuais", afirmam os autores da representação no documento enviado ao PGR. De acordo com o texto, o não reconhecimento fere a Constituição nos artigos que dizem respeito aos princípios da da igualdade (art. 5º , caput), da dignidade da pessoa humana (art. 1º, inciso III), da proibição de discriminações odiosas (art. 3º, inciso IV), e da liberdade (art. 5º, caput). Segundo os autores, o pato de a Constituição prever no parágrafo 3º, do artigo 226, que o casamento é uma união estável entre "um homem e uma mulher" não é obstáculo para a representação. "O que cabe discutir aqui - e rejeitar - é a imposição autoritária da moral dominante à minoria, sobretudo quando a conduta desta não afeta terceiros. Em uma sociedade democrática e pluralista, deve-se reconhecer a legitimidade de identidades alternativas ao padrão majoritário", afirma em seu parecer o jurista Luís Roberto Barroso. Assinam a representação a Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão, Ela Wiecko Volkmer de Castilho, os procuradores regionais da República Luiza Cristina Frischeisen, Daniel Sarmento e Paulo Gilberto Cogo Leivas, o Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Sergio Gardenghi Suiama, e os procuradores da República Renato de Freitas Souza Machado e Caroline Maciel da Costa. As ONGs que assinaram a petição são a ABLGT, Associação da Parada do Orgulho GLBT-SP, Identidade e Corsa, representadas por seus presidentes, respectivamente: Antonio Luiz Martins dos Reis, Nelson Matias Pereira, Paulo Tavares Mariante e Edmilson Alves de Medeiros.

Gente de OpiniãoSexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Sexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)