Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Processos contra sanguessugas devem cair para metade, diz Izar


Agência O GloboRIO - O presidente do Conselho de Ética da Câmara, deputado Ricardo Izar (PTB-SP), afirmou nesta sexta-feira que o número de processos de cassação contra parlamentares envolvidos no esquema dos sanguessugas deve ficar reduzido à metade no próximo ano. Ele acredita que muitos dos 69 deputados envolvidos devem renunciar aos mandatos ou desistir da candidatura e até mesmo podem não conseguir se reeleger.- Destes 69 deputados, o número deve cair para 20 a 30, no máximo. Aqueles que continuarem como candidatos terão muita dificuldade para se reeleger. A Edna Macedo (PTB-SP) já não é mais candidata, já desistiu. Possivelmente o Pastor Josué (PTB-PA) também não será candidato. Outros também deverão anunciar - argumentou.Outro petebista que desisitiu da candidatura foi Osmânio Pereira (PTB-MG). Do PL, partido com o maior número de envolvidos no escândalo, o deputado Pastor Jorge Pinheiro (PL-DF) foi o primeiro a anunciar a desistência.Sem o mandato, o processo contra os parlamentares tem que ser arquivado. Eles não correm o risco de ficar inelegíveis por oito anos, mas perdem o foro privilegiado e podem ter de enfrentar o processo na Justiça Comum.Em Belo Horizonte, no entanto, três dos seis deputados mineiros que tiveram pedido de cassação recomendado pela CPI dos Sanguessugas afirmaram que vão vencer nas próximas eleições.José Militão (PTB-MG), acusado de ter recebido R$ 10 mil em contas indicadas, afirmou que não teme as urnas. Cleuber Carneiro, também do PTB, mantém discurso semelhante. Já o deputado Cabo júlio (PMDB-MG) defendeu-se dizendo que o eleitor "conhece a sua história de vida contra tudo e contra todos".

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul