Porto Velho (RO) quarta-feira, 14 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Pres. AMB: magistratura brasileira tem uma conduta oposta


Comentando a prisão do Dr. Sebastião Teixeira, Presidente do TJ de Rondônia, em entrevista ao Jornalista Milton Parron (Rádio Bandeirantes), o Presidente Rodrigo Colasso, Presidente da Associação dos Magistrados Brasileiro, disse que em seus 17 anos de magistratura nunca viu nada semelhante, e preocupa porque existe uma degradação quase que geral de comportamento de muitas autoridades públicas do País.

Disse também, que o lado positivo desse episódio, é que ele deve servir para que o Juiz mantenha a sua capacidade de indignação, que o Juiz seja absolutamente contrário a este tipo de conduta, que o Juiz não aceite em seus quadros pessoas que deixem de lado a ética e negociem e utilizem de qualquer modo sua função para obter vantagem.

Ainda de acordo com Dr. Rodrigo, são episódios como estes, que podem fazer um divisor de água, e tenho certeza que a grande maioria da magistratura brasileira tem uma conduta totalmente oposta a este tipo de conduta. 

O juiz é um cidadão que deve servir a comunidade e não buscar benefício em função do cargo que ocupa, finalizou o Presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros.

A AMB reúne 13.726 juízes em todo o Brasil, foi criada em 1949 e tem como principais objetivos a defesa da magistratura, a sua aproximação com a sociedade e a participação nos grandes debates nacionais.

 

Leia também  (1)

 

Leia também  (2)

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.