Quinta-feira, 18 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Prejuízo da Petrobras com gás duplica


Agência O Globo RIO - O prejuízo líquido da Petrobras na área de Gás e Energia em 2006 duplicou na comparação com o ano anterior. No ano passado, a empresa teve perdas de R$ 1,188 bilhão com as atividades no segmento, contra um impacto negativo de R$ 520,345 milhões em 2005. A ampliação do prejuízo foi registrada mesmo com a compra de térmicas no Brasil. Em função de contratos firmados no governo de Fernando Henrique Cardoso, a Petrobras, antes das aquisições, tinha que remunerar essas empresas ainda que elas não produzissem sequer um megawatt de energia. As perdas no segmento em 2006, de acordo com o diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Petrobras, Almir Barbassa, estão relacionadas à suspensão de um contrato com a Boliviana Andina e ao aumento dos custos de exploração no país, a partir do reajuste dos impostos para mais de 80%. Apenas na Bolívia, o lucro líquido da Petrobras recuou de R$ 250 milhões em 2005 para R$ 57 milhões no ano passado. O aumento dos impostos promovido por Evo Morales representou um gasto adicional de R$ 210 milhões para a empresa brasileira. Além disso, havia um contrato de hedge com a empresa boliviana Andina que, em 2005, havia permitido que a Petrobras provisionasse um ganho de R$ 400 milhões em 2005. Com o cancelamento do contrato no ano passado, a empresa teve que computar uma perda de R$ 170 milhões em 2006. Ainda assim, a área de Gás e Energia contribuiu com R$ 990 milhões para o lucro operacional da Petrobras no ano passado, de R$ 42,237 bilhões. De acordo com Barbassa, houve aumento do consumo de gás natural veicular e de gás industrial. Segundo ele, o preço do gás natural no Brasil terá que ser reajustado. - O gás ainda está muito atrativo, o que vai levar a um ajustamento do preço no momento oportuno. Por isso, houve um crescimento tão grande tanto no segmento de GNV (Gás Natural Veicular) quanto no de gás industrial - justificou.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 18 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quinta-feira, 18 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)