Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Prefeitos do PSDB e do PFL lideram lista divulgada pela CGU


Jailton de Carvalho - Agência O GloboBRASÍLIA - Na lista de 591 prefeituras que compraram ambulâncias da Planam - empresa envolvida no escândalo dos sanguessugas - entre 2000 e 2004, 128 são administradas por prefeitos do PSDB. Em segundo lugar vem o PFL, com 107 prefeituas, seguido pelo PMDB, com 106. O PTB aparece na lista com 54 prefeituras, o PDT com 49, o PPB com 35 e o PL com 23. O PT está em nono lugar nesta relação, com 19. As demais ambulâncias foram compradas por cidades administradas por PSB, PSD, PMN e PV, entre outros partidos.Ao divulgar a lista, o ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Jorge Hage, negou que estivesse tentando transferir a responsabilidade do escândalo dos sanguessugas para o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.- Não se trata de jogar (o escândalo) no colo do governo anterior. Se trata de repelir o escamoteamento da verdade pelo vazamento seletivo, parcial, de depoimento sigiloso - disse Hage, numa referência à divulgação de trechos do depoimento do empresário Luiz Antônio Trevisan Vedoin à Justiça Federal, de Mato Grosso.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul