Porto Velho (RO) domingo, 12 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Pratini elogia controle da aftosa e critica protecionismo


Agência O Globo RIO - A confirmação do Ministério da Agricultura, na semana passada, de reação positiva ao vírus da febre aftosa em 41 bovinos de 36 propriedades no interior de São Paulo não preocupou o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), Marcus Vinicius Pratini de Moraes (foto). Além de ressaltar que não se trata de um novo surto e sim de uma possível reação à vacinação - "e, portanto, um episódio normal" -, Pratini de Moraes faz questão de elogiar o governo pelo programa "ambicioso de muito bons resultados de erradicação da febre aftosa" implantado no país. - Num país de dimensões continentais, como o Brasil, com uma imensa floresta amazônica, o controle sanitário é um desafio permanente. E os casos mais recentes que tivemos de aftosa foram em outubro de 2005, no Mato Grosso do Sul. Ainda sssim em ambos, tivemos ações de defesa sanitária rápidas e eficientes - observa. Para o presidente da Abiec, a questão de sanidade animal deve ser sempre uma prioridade e um motivo de preocupação dos governos federal e dos estados, mesmo porque o volume de recursos destinados à defesa sanitária tem se mostrado insuficiente e os países concorrentes do Brasil estão utilizando todas as armas possíveis para conquistar mercado. - A sanidade animal é o nome novo do protecionismo. Quando os países querem bloquerar as importações, usam abusivamente o conceito da sanidade animal para fazer embargos e é isso que tem nos criado dificuldades, por exemplo, na Europa, na Rússia e, mais recentemente, no Chile - assinala. - As exportações brasileiras têm despertado inveja dos nossos concorrentes. Nós estamos exportando grandes volumes de carne nos últimos quatro ou cinco anos e isso suscita muita inveja de outros exportadores, que não imaginavam que a pecuária brasileira tivesse toda essa essa pujança - diz. Pratini de Moraes lembra que, no caso do Chile, o embargo se estendeu a todo o território brasileiro, sem nenhuma motivação técnica. Depois, os chilenos recuaram e abriram uma exceção, apenas, para a carne do Rio Grande do Sul, disse Pratini.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu