Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Por 4 a 3, TSE mantém Cássio Cunha Lima inelegível para estas eleições



Agência Brasil, Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e considerou inelegível o ex-governador da Paraíba Cássio Cunha Lima para o pleito deste ano, com base na Lei da Ficha Limpa. Por 4 votos a 3, os ministros do TSE rejeitaram o recurso de Cunha Lima e mantiveram o indeferimento do registro de candidatura dele para o Senado. Ele ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Cássio Cunha Lima disputou as eleições no último dia 3 de outubro com o registro de candidatura indeferido, assim foram contabilizados como válidos os mais de um milhão de votos recebidos. Para tentar reverter essa situação, ele recorreu ao TSE, alegando que a Lei da Ficha Limpa não deveria ser aplicada este ano.

O ex-governador da Paraíba teve duas condenações por abuso de poder político e econômico, além de uso indevido dos meios de comunicação durante a campanha eleitoral de 2006, quando disputava a reeleição. Por isso, ele foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa pelo TRE-PB.

Para o ministro relator da matéria, Aldir Passarinho Junior, que votou a favor da impugnação de Cunha Lima com base na Ficha Limpam, está muito claro que a condenação do político ocorreu em decorrência do abuso de poder e do uso indevido dos meios de comunicação com possibilidade de influir no resultado da eleição.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç