Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Polícia prende 16 pessoas por desvio de verba de ONGs


Agência O GloboRIO - A Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas do Paraná prendeu, na manhã desta quinta-feira, 16 pessoas acusadas de integrar uma quadrilha que desviou, pelo menos, R$ 30 milhões em arrecadações conseguidas através de duas Organizações Não Governamentais (ONGs) de apoio a pessoas com câncer. A Operação Pharmako cumpre ao todo 31 mandados de busca e apreensão e 16 de prisão, simultaneamente, em quatro estados - Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo. Até as 11h desta quinta-feira, a polícia havia apreendido R$ 600 mil em dinheiro, R$ 200 mil em cheques e mais de 20 veículos novos como Mercedes-Benz, Vectra, Renault Mégane, Fiat Marea, caminhonete S10, Ford Focus, Fiat Idea, todos modelo 2005/2006, que podem ter sido adquiridos com o dinheiro arrecadado pelas ongs.Vasta documentação que comprova as fraudes também foi apreendida. O homem apontado como líder da quadrilha é o jornalista Arnaldo Braz, preso na capital paulista. Ele é o gerente do Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer (GAPC) e da Associação Brasileira de Assistência a Pessoas com Câncer (Abrapec), que são as organizações usadas para arrecadar ilegalmente o dinheiro desviado.- A polícia do Paraná passou a investigar as ongs há mais de um mês, quando recebemos denúncias de ex-funcionários que perceberam que praticamente toda a arrecadação não era destinada às pessoas portadoras de câncer, mas eram desviadas em benefício dos próprios administradores das ongs. É uma conduta hedionda, pois além de enganarem pessoas humildes e bondosas, deixam de salvar inúmeras vidas com os recursos arrecadados. Fora isso, lesam o Estado com a ausência de recolhimento de tributos trabalhistas e encargos diversos - disse o secretário da Segurança Pública do Paraná, Luiz Fernando Delazari.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di