Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PMDB indica filho de Nelson Jobim para Anatel


Mônica Tavares - Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro das Comunicações, Hélio Costa, afirmou nesta terça-feira que o PMDB decidiu indicar o advogado Alexandre Jobim, filho do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Nelson Jobim, para ocupar uma das duas vagas existentes no conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).Segundo o ministro, o nome de Alexandre Jobim é o sexto nome indicado por ele. Costa contou que terá uma conversa com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e que se ela confirmar o nome do advogado, ele encaminharia ainda hoje a indicação.- A questão da Anatel não pode ficar a espera de acordos políticos - disse Hélio Costa, ao afirmar que a escolha dos conselheiros não deveria aguardar nenhuma outra negociação política.O nome da segunda vaga que ainda precisa ser fechada pelo PT é o do superintendente-executivo da Anatel, Nilberto Miranda, irmão do ex-secretário de Direitos Humanos, Nilmário Miranda.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul