Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PFL tenta fortalecer Alckmin na Bahia


Heliana Frazão - Agência O GloboSALVADOR - Faltando pouco mais de dez dias para a decisão das eleições presidenciais em segundo turno, o PFL da Bahia dá a largada nesta quarta-feira às ações que visam dimimuir a diferença de votos no estado entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, e Geraldo Alckmin, que concorre pelo PSDB. O tucano teve, na Bahia, o seu melhor desempenho no Nordeste, no primeiro turno da eleição presidencial, com 26%.A estratégia é apostar no efeito multiplicador de uma série de 12 encontros com lideranças políticas aliadas do interior para fortalecer a campanha tucana. A primeira delas ocorrereu nesta terça-feira, na Câmara de Dirigentes Lojistas, em Feira de Santana - segundo maior colégio eleitoral da Bahia, município comandado pelo prefeito José Ronaldo, uma liderança pefelista influente e presidente da União dos Prefeitos da Bahia. O evento deverá contar com as presenças do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL) e do atual governador Paulo Souto (PFL). Para a quinta-feira, já estão agendadas reuniões nas cidades de Alagoinhas e Itabuna. Os caciques pefelistas pretendem abordar os escândalos de corrupção e o baixo crescimento do país no governo Lula para convencer as lideranças municipais a favor de Alckmin.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a