Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PF não confirma local onde ouvirá pilotos do Legacy


Jailton de Carvalho - Agência O GloboBRASÍLIA - A Polícia Federal deve interrogar nesta sexta-feira os americanos Joe Lepore e Jan Paladino, pilotos que comandavam o Legacy que se chocou com o Gol em 29 de setembro, matando 154 pessoas. Inicialmente, os dois seriam ouvidos no Rio de Janeiro, onde estão hospedados num hotel desde o início de outubro. Mas na tarde desta quinta-feira, a PF informou que o depoimento pode acontecer na sede da Superintendência da instituição em São Paulo, a partir das 10h.A indefinição sobre o local do depoimento faria parte de um acordo com os advogados de Lepore e Paladino. Os advogados teriam concordado em apresentar os dois para depor no prazo estabelecido pela polícia, com a condição de que eles não tivessem contato direto com a imprensa.A Procuradoria Regional da República pediu nesta quinta ao Tribunal Regional Federal da 1 ª Região que suspenda temporariamente a ordem de devolução dos passaportes dos pilotos. O pedido foi feito pelos procuradores Adriana Brocks e Elton Ghersel. Eles querem que o tribunal conceda tempo para que, nos próximos dias, decidam se recorrem ou não contra a ordem de devolução do passaporte dos dois pilotos. A decisão sobre o pedido dos dois procuradores ficou a cargo do vice-presidente do TRF, Carlos Olavo.A PF não abre mão de ouvir os pilotos antes que retornem para os Estados Unidos e só devolverá os passaportes depois dos depoimentos. A Justiça determinou na terça-feira a devolução dos documentos aos pilotos num prazo de 72 horas, que vence no fim da tarde desta sexta.A advogada americana Lexi Hazam, que representa algumas das famílias das vítimas do vôo Gol 1907, disse que a decisão da Justiça brasileira de liberar os pilotos é positiva para a ação judicial que está sendo movida contra a empresa ExcelAire nos Estados Unidos.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di