Porto Velho (RO) quarta-feira, 11 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Parlamentares cobram agilidade na votação dos projetos da jornada de trabalho


  
O presidente da Comissão de Trabalho, deputado Pedro Fernandes, anunciou que os projetos que reduzem a jornada de trabalho vão entrar na pauta de votação do colegiado até o dia 27 deste mês.


Brasília - Durante a audiência pública, realizada na Comissão de Trabalho, da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (18), parlamentares e sindicalistas falaram da importância da redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais como uma forma de aumentar o nível de empregabilidade do país.

Dentre outros benefícios, os participantes do debate apontaram a melhoria na qualidade de vida do trabalhador, a diminuição de casos de doenças ligadas ao excesso de trabalho e a melhoria da produtividade. Outro ponto em comum nas discussões refere-se ao período de crise mundial como sendo o momento oportuno para dar o encaminhamento ao debate.

Segundo o secretário de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, Luiz Antônio de Medeiros Neto, o ministério é a favor da redução da jornada. "Isso significa geração de empregos e geração de oportunidades. Estamos no limiar de uma crise e claro, isso terá reflexos no Brasil e nós achamos que essa medida chega em um tempo oportuno", destacou.

Para o deputado Mauro Nazif (PSB/RO) a modificação da carga horária é importante para o trabalhador tanto no aspecto físico quanto no emocional. "Com isso, o trabalhador terá mais qualidade de vida e o serviço, certamente, será mais produtivo. Além disso, serão criados novos postos de emprego, representando um ganho também para a economia do país."

O secretário nacional sindical do PSB, Joílson Cardoso, destacou que o tema diz respeito a um projeto nacional que se quer desenhar, tendo a classe trabalhadora como protagonista. "Sabemos que a redução da jornada de trabalho terá um impacto econômico mínimo para as empresas e, no entanto, poderá gerar mais de dois milhões de empregos. Dessa forma, vemos a necessidade da aprovação desses projetos o quanto antes."

José Calixto da Silva, presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores, afirmou que a essa é uma reivindicação antiga que também tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento do país, "uma vez que reduz o desemprego, aumentando a massa salarial, o consumo e, consequentemente, elevando a produtividade."  
 

 


                 David Casseb

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p